Baguete
InícioNotícias> Patrus: Microsoft para transformação digital

Tamanho da fonte:-A+A

AZURE

Patrus: Microsoft para transformação digital

Júlia Merker
// sexta, 22/12/2017 11:55

A companhia mineira Pratus Transportes está em fase de desenvolvimento de novas iniciativas voltadas para transformação digital com soluções da Microsoft.

A Pratus Transportes tem iniciativas voltadas para transformação digital com soluções da Microsoft. Foto: Divulgação.

Em operação desde 1973, a transportadora conta com mais de 700 veículos, 2.650 colaboradores e cerca de 1,6 mil clientes ativos, em 10 estados. 

Para aprimorar a operação, a empresa adotou uma série de soluções do Azure, a plataforma de nuvem da Microsoft, com foco nos processos de logística. A companhia também trabalha em novos projetos com bots, aprendizado de máquina e internet das coisas (IoT).

O projeto mais recente, em fase piloto, envolve aprendizado de máquinas e IoT em análise preditiva na nuvem para monitoramento do fluxo das cargas transportadas com auxílio das redes sociais para identificar alertas de protestos, enchentes, entre outros eventos, e assim alterar a rota do veículo. 

A empresa também conta com um projeto de chatbot, que responderá perguntas sobre rastreamento da carga.

O processo de transformação digital da Patrus Transportes envolve também outras frentes já implantadas de forma definitiva. 

No ano passado, a empresa realizou a migração de 100% dos servidores on-premise para a nuvem da Microsoft. Uma das soluções adotadas foi o Microsoft Dynamics 365.

“O time de gestão facilmente consegue, no smartphone ou tablet, verificar informações estratégicas, como números de operações realizadas e faturamento em tempo real, agilizando a tomada de decisão. Esta era uma demanda importante, frente a agilidade necessária para atendermos as expectativas dos nossos clientes”, diz Manuel Landeiro, CIO da Patrus Transportes.  

A migração para a nuvem foi feita com apoio da SGA Tecnologia Inteligente. 

Todos os sistemas da Patrus Transportes foram migrados para o Azure com armazenamento no SQL Server 2016, adicionando recursos de segurança e outras aplicações por meio do Azure Marketplace. 

“Estimamos uma redução de gastos de R$ 120 mil por ano no projeto de nuvem híbrida em parceria com a Equinix. Tivemos também ganhos ao implementar o Azure Marketplace que nos permitirá pensar em novos modelos de negócios” diz Landeiro.

Ações de produtividade foram implementadas com as ferramentas do Office 365 para diversos setores. 

“Como temos uma dispersão geográfica pelo país, o Yammer e o Skype for Business nos ajudaram a aproximar todas as unidades. Além disso, em 2015 migramos nossa telefonia para a nuvem e reduzimos os custos com ligações”, completa o CIO.

Júlia Merker