A Samsung já era uma investidora da LoopPay antes da aquisição. Foto: Divulgação.

A Samsung adquiriu a LoopPay, uma empresa de pagamentos móveis americana que pode ajudá-la a lutar contra o sistema de pagamento móvel da rival Apple.

A LoopPay produz pequenos dispositivos para smartphones que podem transmitir informações de cartão de crédito em conjunto com um aplicativo móvel. 

Quando os dispositivos estão a poucos centímetros de um leitor de banda magnética tradicional, a informação de pagamento pode ser enviada sem fios.

A tecnologia magnética de transmissão segura (MST) da LoopPay cria campos magnéticos que simulam os gerados com uma fita magnética, e efetivamente transforma leitores de cartão em dispositivos de pagamento sem contato, sem modificações.

A abordagem é diferente da NFC utilizada no Apple Pay, que exige que os varejistas tenham terminais de pagamento sem contato para aceitar os sinais de NFC.

Segundo a LoopPay, sua solução deve funcionar em cerca de 90% dos terminais de ponto de venda nos EUA, o que daria uma vantagem para a Samsung no segmento de pagamentos móveis.

"O NFC está atualmente disponível apenas em menos de 10% dos varejistas norte-americanos, apesar do lançamento da tecnologia ter acontecido há quase uma década", disse um porta-voz da Samsung ao PCWorld.

Um dos produtos da LoopPay é um case para smartphones que custa US$ 59 e incorpora o cartão, além de servir para guardar documentos. A idéia é que os usuários deixem suas carteiras em casa, carregando apenas o smartphone.

A Samsung já trabalhava com a LoopPay, quando se tornou uma investidora estratégica juntamente com a Visa e a Synchrony Financial. O investimento, que foi facilitado pelo Global Innovation Center da Samsung, ajudou a alimentar o desenvolvimento da tecnologia MST da LoopPay.