Foto: Flickr / stankuns

A Microsoft lança um programa de certificações em tecnologias de cloud computing que projeta certificar mais de 10 mil profissionais só no Brasil até 2013.

Conforme André Ruiz, gerente de Estratégia e Programa de Canal da MS Brasil, as titulações se classificam em três níveis: Associate, Expert e Master.

Deste leque, o principal certificado é o Microsoft Certified Systems Engineer (MCSE), que foi “reinventada para incluir nuvem”, segundo Ruiz.

“Os profissionais agora certificados apresentarão novas competências para atuar no mercado que, segundo a IDC, vai gerar empregos de maneira crescente no Brasil, sendo 85.176 neste ano”, afirma o executivo.

Em 2013, a previsão da consultoria é que o mercado de cloud gere 142.081 empregos no país, o que pula para 242.101 em 2014 e 414,178 em 2015.

Mundialmente, a IDC prevê que a computação em nuvem deva gerar cerca de 14 milhões de novos empregos até 2015.

A Microsoft Certified Solution Expert é a principal certificação para quem deseja migrar suas aplicações corporativas para a nuvem, garante Ruiz.

Além dela, há outras certificações em preparação “para a nuvem”, que garantem aos profissionais preparação para criar, administrar e evoluir as soluções em ambiente cloud.

Entretanto, o novo programa da Microsoft mira além da cloud no país, onde Ruiz garante que há mais de 25 mil profissionais com algum tipo de certificação oficial da companhia.

Com o projeto recém anunciado, a expectativa é dobrar esse número até o fim do ano que vem.

Para tanto, a empresa também vai aplicar provas de certificação em diversas de suas tecnologias para estudantes com melhor desempenho em projetos como Student to Business (S2B) e  capacitações desenvolvidas em Centros de Inovação mantidos em parceria com instituições de ensino.