Eduardo Pugliesi, diretor de BI da Sonda IT. Foto: divulgação.

O grupo Sotreq, revendedor Caterpillar no Brasil, investiu em um projeto de Business Intelligence com a ajuda da Sonda IT, implantando plataformas analíticas e de mobilidade da SAP na empresa.

De valor não divulgado, a solução chegou para atender a necessidade de disponbilizar informações gerenciais de forma simples para os executivos de alto escalão do grupo, na sede em Belo Horizonte, assim como nas filiais em todo o país.

Antes da implantação, a empresa contava com um sistema desenvolvido internamente, em que as informações estavam concentradas em relatórios para áreas operacionais e restringia-se ao suporte de consultas financeiras.

No novo projeto, a Sonda IT utilizou as soluções de BI da SAP para estruturar uma solução que fosse implementada em fases, baseando-se na customização que traçava os dados que cada área precisava ter acesso.

O primeiro passo, segundo Eduardo Pugliesi, diretor de BI da Sonda IT, foi disponibilizar um painel de resultados mobile, trazendo indicadores, como as vendas bruta e líquida, os lucros e os prejuízos dos últimos dois anos, fazendo um comparativo do que foi realizado versus o orçado.

"Com a entrega do primeiro painel para dispositivos móveis, ficou visível o aumento da representatividade do BI dentro da Sotreq, que ganhou adeptos como Carl Alfred Orberg, presidente da empresa", afirma Pugliesi.

Segundo o diretor de Tecnologia da Informação da Sotreq, Marcos Castelo, o projeto trouxe, de forma simples, a possibilidade de maior precisão e velocidade na tomada de decisão.

“O auxílio da mobilidade gerou um ganho substancial junto às áreas de negócios da empresa, aumentando a confiabilidade e facilitando a discussão sobre os indicadores, além de diminuir o tempo de construção e tabulação de dados para acompanhamento diário", comenta.

A agilidade no acesso, ainda segundo Pugliesi, também ampara o fluxo de análise da informação. “Com o uso dessas tecnologias, é possível obter a informação, analisá-las e encaminhá-las para o próximo nível dentro do processo”, finaliza o executivo.