A Fisiogames combina entretenimento, educação e saúde. Foto: flickr.com/photos/livingfitnessuk.

As empresas Fisiogames e Knewin, ambas situadas em Florianópolis, estão completando suas graduações na incubadora MIDI Tecnológico, gerida pela Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (ACATE) e mantida pelo Sebrae/SC. 

O processo de incubação procura auxiliar na melhora da infraestrutura de startups e pequenas empresas de base tecnológica, além de oferecer consultorias, criando uma ponte entre iniciantes e empresários já estabilizados no mercado. 

A Fisiogames aplica o entretenimento digital e mídias interativas ao bem-estar humano, combinando entretenimento, educação e saúde. 

Recentemente contemplada pelo Tecnova (programa que cria condições financeiras favoráveis para crescimento e inovação), a empresa desenvolve produtos e serviços para promover saúde e qualidade de vida. 

Para o sócio-fundador da empresa, Daniel San Martin, passar pela incubação foi essencial para profissionalização da gestão e validação dos negócios. 

“O respaldo dos consultores e o networking que o ambiente oferece são fundamentais. A incubadora nos apresenta uma série de oportunidades e cabe a nós aproveitar esse diferencial”, ressalta.

Já a Knewin trabalha com uma base tecnológica que torna conteúdo noticioso publicado na internet acessível, principalmente, para empresas que desenvolvem soluções de clipping e inteligência competitiva. 

Após a incubação, o sócio-fundador Lucas Nazário acredita que a passagem para o mercado será tranquila. 

“Agora já estamos bem inseridos no mercado de trabalho, vamos mudar de sala e continuar a operação naturalmente”, comenta.

Somando a Fisiogames e a Knewin, o MIDI Tecnológico totalizará 73 empresas graduadas, desde sua fundação em 1998. 

A incubadora foi eleita, em 2008 e 2012, a melhor incubadora de base tecnológica do Brasil pelo Prêmio Nacional de Empreendedorismo Inovador, da Anprotec. Atualmente está com 17 empresas incubadas, sendo seis residentes e 11 virtuais.