Francisco Valim.

Francisco Valim deixou a presidência da Via Varejo após apenas oito meses no cargo e pretende se dedicar a investir em projetos na área de tecnologia, sendo o primeiro deles o Piggme, um portal de social commerce lançado no final do ano passado.

Em entrevista ao Estadão, Valim disse que decidiu abandonar a vida executiva para me tornar empreendedor.

A matéria não esclarece qual é a relação da startup com o executivo, que presidiu a Oi e também comandou a Serasa.

A saída de Valim da Via Varejo faz parte do imbroglio entre o empresário brasileiro Abílio Diniz e os franceses do Cassino.

O Piggme foi lançado com a meta de ser um “ativador de experiências sociais de consumo”, um clube de afiliados que combina acesso a compras com desconto, doações para entidades e pontuação em um cartão Visa.

A empresa foi fundada por Jimmy Peixoto, ex-gerente comercial do Goorila, o primeiro clube empresarial de compras do Brasil, gerente de marketing do ObaOba e do Guia da Semana, gerente geral do Guia do Motel e do ObaOba Ingressos e diretor geral da SaferTaxi no Brasil

O outro co-fundador do Piggme é André Leal, que foi gerente geral do Goorila, foi responsável pela implementação de projetos no iG e também respondia pela área comercial corporativa da SaferTaxi no Brasil. 

Segundo informa o site Startupi, além dos dois, o Piggme também conta com um investidor anjo, que não quer ser divulgado no momento. Juntos, os três alocaram R$ 1 milhão no Piggme.