Paulo Magnus. Foto: divulgação

A MV, especializada em ERP para saúde, acaba de comprar as empresas Microdata, Centercall e Micropacs, que compõem o Grupo Microdata, focado em software de gestão de imagens médicas.

Trata-se da segunda compra da MV este ano: em janeiro, a companhia adquiriu o porto-alegrense Grupo Hospidata, focado em TI para gestão de pequenas instituições de saúde e composto por HDS Assessoria e Serviços, HD Processamento e Hospidata.

Assim como no caso da Microdata, o valor da operação não foi divulgado, mas segundo o presidente da MV, Paulo Magnus, a expectativa é que em dois anos as soluções da Microdata representem 20% do faturamento geral.

A aquisição foi anunciada no mesmo dia em que a catarinense Benner, também de software de gestão hospitalar, divulgou sua fusão com a subsidiária brasileira da portuguesa Alert, de TI para administração clínica, em um negócio projetado para faturar R$ 300 milhões em três anos.

Em 2011, a MV faturou R$ 100 milhões, crescimento de 20% sobre 2010. Este ano, a projeção é chegar R$ 125 milhões.

Se com a Hospidata a MV agregou à carteira cerca de 200 clientes de pequeno e médio porte, a aquisição recém anunciada da Microdata adiciona nomes de peso, como os hospitais gaúchos Mãe de Deus e Moinhos de Vento, além de Grupo Amil, Biocro e várias Unimeds.

Magnus explica que a Microdata fortalece o portfólio de soluções de PACS (Picture Archiving and Communication System) e RIS (Radiology Information System), permitindo à MV concorrer em pé de igualdade com fornecedores multinacionais.

“Nosso objetivo é prover sistemas de gestão para todos os nichos da área de saúde. Essa compra faz parte do projeto estratégico de aquisições, garantindo a liderança no mercado”, destaca o executivo.

Com a aquisição, o ex-presidente do Grupo Microdata, Franco Agnello Mota, se torna diretor de Tecnologia, da empresa.

Segundo ele, a união garantirá projeção das soluções do grupo na América Latina.

Prestes a completar 25 anos de mercado, a MV está em vias de inauguração de uma nova sede, no Recife.

O espaço, que será aberto em junho, vai concentrar as áreas de desenvolvimento de sistemas, serviços, administrativa e comercial, ocupará uma área total de 2 hectares.

Ao todo, a empresa conta com cerca de 800 colaboradores, distribuídos por matriz e dez filiais pelo país.

Já a carteira de clientes passa de 500 instituições de saúde, totalizando mais de 200 mil usuários ativos.

O ERP Soul MV é o carro-chefe do portfólio, que em 2011 também ganhou um engorde com a nova unidade de negócios Green Soluções sem Papel, voltada à criação e manutenção de ambientes de saúde digitais.