VAREJO

Bornlogic recebe aporte de R$ 52 milhões

23/05/2022 17:32

Rodada série A foi liderada pela Astella Investimentos.

Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Bornlogic, plataforma que permite a vendedores produzirem campanhas de marketing para lojas, recebeu um aporte de R$ 52 milhões em rodada de série A liderada pela Astella Investimentos.

A rodada também contou com a participação da HiPartners, Endeavor Scale Up Ventures e Marcelo Lombardo, CEO da Omie.

A retailtech foi fundada em 2013 por André Fonseca, de acordo com o Brazil Journal, um engenheiro de computação que trabalhou na equipe que inventou a linguagem Java, em algumas startups no Vale do Silício e, mais recentemente, na Vinci Partners.

Na época, a empresa criava robôs e algoritmos de machine learning que ajudavam seus clientes a distribuir melhor a verba publicitária nas campanhas de marketing digital. Quatro anos atrás, depois de uma conversa na Magazine Luiza, o modelo de negócio mudou para o atual.

Hoje a Bornlogic oferece uma plataforma que entrega um sistema de distribuição de verba entre as várias lojas e vendedores, que podem produzir campanhas de marketing para redes sociais, bem como um sistema de governança.

A startup também tem um aplicativo onde o vendedor consegue ter ideias para seus vídeos com dicas vindas da própria matriz da empresa ou da indústria, e com dicas geradas pelo próprio sistema de machine learning da retailtech.

Ano passado, a companhia recebeu seu primeiro aporte, de R$ 8 milhões, também da Astella, e aumentou em 243% o faturamento anual. A equipe saiu de aproximadamente 50 funcionários para mais de 200 e o número de clientes subiu de 27 para 65.

Além da Magalu, estão no portfólio nomes como Renner, Lojas Americanas, Arezzo & Co, Via, Carrefour e Grupo Pão de Açúcar, além de indústrias como L'Oréal e Mondelez. 

“Ninguém no mercado oferece uma solução como essa. A integração da jornada de compra no ambiente presencial e virtual já é parte da realidade, e a comunicação mais próxima do consumidor faz total diferença no processo de fidelização. O potencial da Bornlogic é enorme, conforme vemos que a solução pode ser replicada nos mais diversos setores”, avalia Marcelo Sato, sócio da Astella.

Com o investimento, a startup quer investir principalmente em produto e tecnologia para expandir as funcionalidades do serviço, além de ampliar para a América Latina e acelerar a estratégia omnichannel dos vendedores do varejo e da indústria.

Veja também

APORTE
Nextron capta R$ 11 milhões

Startup conecta usinas de energia elétrica renovável a residências.

EDTECH
+A Educação busca startups

Grupo da área educacional terá parceria da aceleradora Ventiur no projeto.

MANUTENÇÃO
Tractian capta R$ 80 milhões

Rodada foi liderada pelo Next47, fundo americano ligado à Siemens.

APORTE
Lume Robotics capta R$ 2,4 milhões

Startup especializada em carros autônomos espera quadruplicar o faturamento em 2022.

AXÉ
Sankhya abre unidade na Bahia

Empresa de ERP agora tem uma operação também em Vitória da Conquista.

ENERGIA
SolarZ recebe aporte de R$ 1,5 milhão

Rodada na startup potiguar contou com Bossanova e Domo Invest.