Gustavo Rocha, gerente de contas da Positivo.

A Positivo Informática contratou os executivos Eduardo Miranda e Gustavo Rocha para a divisão de Negócios Digitais, área responsável por gerar comunicação entre anunciantes e clientes de dispositivos da Positivo.

Eduardo Miranda assume a gerência de negócios, focado na gestão do time e na estratégia da área. Antes da Positivo, estava na Addialeto, onde era responsável pelo relacionamento comercial, operacional e financeiro dos clientes Ricardo Eletro e Accor. Nos últimos doze anos, trabalhou nas agências Safari.to Produtora Digital e no Grupo RBS.

Já Gustavo Rocha é o novo gerente de contas. Antes de chegar à área de Negócios Digitais, fez parte do time da One Digital, onde atendeu a conta do grupo Bradesco.

Ele também teve passagens por Extrude Agency, Oakian Comunicação Empresarial e Agente Publicidade e Propaganda. 

Na Positivo, Rocha também vai trabalhar com geração de negócios, porém, com esforço principal no atendimento a agências.

Para Mary Albuquerque, diretora de Negócios Digitais da Positivo Informática, a contratação vai facilitar o relacionamento com agências e anunciantes interessados em conhecer as soluções da divisão. 

“Nosso objetivo é firmar um elo de comunicação com consumidores dos equipamentos Positivo. Para isso, criamos uma série de elementos de interação para que nossa unidade seja uma plataforma de experiências digitais focada na classe média brasileira”, explica Mary.

Um dos principais recursos do setor é o App Grátis Positivo, um aplicativo instalado em tablets e celulares da empresa, através do qual marcas podem sugerir downloads para os usuários.

A cada novo conteúdo ofertado por anunciantes, os donos dos celulares receberão um aviso com descrição, serviço e benefícios do aplicativo.

O App Grátis Positivo permite instalar aplicativos de forma segmentada, por produto ou por modelo. O download acontece apenas em redes wifi. As instalações e as interações do usuário com o app são contabilizadas e ficam disponíveis para as empresas contratantes.

Desenvolver esse e outros negócios digitais é importante para a Positivo pois seu mercado está passando por modificações: com a queda na venda de computadores, o crescimento está nos tablets e smartphones.

A companhia fechou o primeiro trimestre do ano com lucro líquido de R$ 1,1 milhão. O resultado foi 90,3% menor do que os R$ 11,7 milhões lucrados no mesmo período do ano passado.

A empresa apresentou queda nas vendas de computadores e um forte crescimento nas vendas de dispositivos móveis, como tablets e smartphones, que possuem valor agregado mais baixo que os computadores.

No trimestre, as vendas de computadores totalizaram 492,4 mil unidades. O número representa uma queda de 20,9% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. 

As vendas de tablets, por sua vez, cresceram 11,2%, para 160,1 mil unidades. 

Os celulares tiveram aumento de 285,7% nas vendas, para 172 mil unidades.

LANÇAMENTO

A Positivo lançou hoje um novo modelo de smartphone que segue o posicionamento da empresa de atingir a classe C.

O  Positivo S440 chega ao varejo nesta semana com preço sugerido de R$ 469.

Além de dois chips, o produto tem tela de 4 polegadas, processador dual-core de 1.3GHz, sistema operacional Android KitKat 4.4, memória interna de 4GB, 512MB de RAM e câmeras frontal e traseira de 5MP com flash.