Gabriel Goltz,diretor da 2Cloud Tecnologia. Foto: Divulgação.

Por Gabriel Goltz
As empresas precisam lidar com uma quantidade cada vez maior de dados. Nesse cenário, uma das maiores preocupações das companhias é como guardar de forma segura tantas informações. Embora muitas organizações ainda optem por uma infraestrutura local, com servidores próprios, o armazenamento em nuvem vem ganhando espaço pela facilidade de implantação e gerenciamento, entre outros benefícios.    

Essa expansão é comprovada pelos dados do mercado. A receita global do mercado de armazenamento corporativo em ambiente cloud cresceu 34,4% no primeiro trimestre de 2018 na comparação com o mesmo período do ano anterior, de acordo com a International Data Corporation (IDC) Worldwide Quarterly Enterprise Storage Systems Tracker. Assim, em valores nominais, esse mercado chegou a US$ 13 bilhões nos três primeiros meses de 2018.

 

Conheça mais sobre as vantagens de investir em um armazenamento em nuvem     

Os gestores de TI sabem que implementar uma infraestrutura de processamento e armazenamento local custa caro. Um storage de ponta, por exemplo, pode custar até R$ 1 milhão, valor praticamente inacessível para empresas de médio ou pequeno porte. Mesmo para as companhias maiores, com orçamento para suportar esse nível de investimento, nem sempre essa é a opção mais inteligente, eficiente ou a mais recomendada.

Por isso mesmo, uma das grandes vantagens do armazenamento em nuvem é o combate que uma companhia faz ao desperdício. É muito comum encontrar empresas que contratam milhares de gigas ou teras de armazenamento, mas quando o equipamento chega ao final da sua vida útil, verifica-se que a taxa de utilização não chegou aos 50%, 40% ou até 30% da capacidade adquirida/contratada.

Esse tipo de investimento gera ineficiência de duas maneiras: primeiro, porque a empresa poderia ter economizado ao comprar um espaço de armazenamento menor e, segundo, porque mesmo não utilizando parte desses gigas ou teras, o armazenamento está consumindo o mesmo tempo de gestão e de energia. Fazendo uma analogia simples, é como deixar uma geladeira vazia ligada. 

Com o armazenamento em nuvem isso não acontece, já que essa tecnologia permite contratar exatamente o que a empresa precisa, possibilitando uma dinâmica muito mais inteligente e eficaz. Assim, à medida que os projetos aumentam e a companhia necessita de mais espaço, é possível ajustar os contratos, mantendo um alto nível de tecnologia sem prejudicar o caixa da empresa. 

Outro ponto em que o armazenamento em nuvem traz ganhos em relação à estrutura local está relacionado com a flexibilidade oferecida por essa tecnologia. Em um mesmo contrato é possível ter duas velocidades diferentes, com opções de armazenamentos mais rápidos e outros não tão performáticos, dependendo da necessidade de cada empresa e de cada processo. Uma infraestrutura própria acaba sendo mais engessada, fazendo com que as empresas gastem dinheiro à toa. 

 

Como uma nuvem premium ajuda a racionalizar os recursos da sua empresa

Quando uma empresa vai contratar uma solução em nuvem, muitas vezes a equipe de TI não tem os processos totalmente mapeados, o que torna mais difícil identificar a velocidade de processamento necessária e quando a performance não é tão importante.

Nessas horas, contar com uma empresa especializada faz toda a diferença. Em um serviço de nuvem premium, como o oferecido pela 2Cloud, essa análise é realizada por profissionais capacitados, que ajudam a companhia a utilizar os recursos de forma eficaz e colocar performance no que realmente precisa.

A 2Cloud oferece dois tipos de armazenamento: o T1, de alta performance, e o T2, para processos que não necessitam de tanta velocidade. O primeiro é ideal para rodar banco de dados e atividades críticas que demandam grande performance. Já para acessar um centro de arquivos que exige um nível de atualização menor, como o formado por arquivos de Word ou Excel, o T2 é a opção mais indicada, principalmente quando falamos em custos.  

Além de contribuir para a otimização dos recursos da empresa, uma solução adequada garante elasticidade, monitoramento e segurança das informações.

Um outro diferencial da 2Cloud é que trabalhamos com Data Centers com certificação Tier III, o que significa dizer que seus serviços funcionarão em um ambiente totalmente controlado e com redundância. Um data center Tier III garante a continuidade das operações pois funciona de forma duplicada, ou seja, se um lado falhar, a outra parte continua a fornecer a infraestrutura que você precisa (na camada de energia, refrigeração e comunicação).

Quer entender melhor como o armazenamento em nuvem pode trazer benefícios para sua empresa? Então entre em contato. Teremos o maior prazer em atendê-lo.

*Gabriel Goltz é diretor da 2Cloud Tecnologia.