A Rumo administra mais de 12 mil km de ferrovias. Foto: Divulgação.

A Rumo, maior operadora logística com base ferroviária independente da América Latina, contratou a Engemon, focada em engenharia multidisciplinar e tecnologia, para implementr uma política de prevenção de incêndios nos terminais de grãos no Porto de Santos, Rondonópolis e Alto Araguaia.

O projeto envolve treinamento para equipes com foco no mapeamento completo de riscos e prevenção a incêndios, alarmes instalados em pontos estratégicos, sistema de dilúvio e de supressão de incêndios com chuveiros automáticos (sprinklers) e hidrantes.

"O sistema evita prejuízos e garante a segurança dos colaboradores e operação contínua da empresa", destaca Franciuberto Araújo, coordenador de gestão de segurança contra incêndio da Rumo.

A partir do contrato com a Engemon, o projeto começa com um mapeamento estratégico das áreas sensíveis a incêndio para definição dos riscos e necessidades.

"No Porto de Santos, por exemplo, estabelecemos como detectar o aquecimento provocado por atrito dos roletes das esteiras transportadoras e aquecimento dos mancais. Para isso, selecionamos as esteiras que levam os grãos até os terminais e definimos o sistema automático de supressão de incêndio e o sistema de dilúvio como as melhores estratégias para minimizar riscos", detalha Orlando Mattos, executivo de vendas da Engemon.

Os desafios do projeto foram a implantação e customização do sistema com os terminais em funcionamento. 

A Engemon também é responsável pela instalação de bombas de incêndio, canhões fixos e oscilatórios nos terminais que atingem vazão de até 1.250 GPM. 

O risco de fogo costuma ser maior na segunda metade do ano, quando há menos chuva, uma nova safra de grãos começa a ser transportada (mais volume nos terminais), mais calor e baixa umidade do ar. 

"O calor intenso nas esteiras que transportam os grãos pode desencadear um incêndio" explica Mattos.

Existem, porém, outras situações, como o descarte indevido de uma bituca de cigarro até o atrito de equipamentos (rolamentos, roletes, desalinhamento ou patinação de correias), curto elétrico desencadeado por roedores, vazamento de combustível e o aquecimento de motores (mancias). Já as fontes de calor que causam incêndio são eletricidade, chama exposta, eletricidade estática, atrito e vasilhames de líquido inflamáveis mal armazenados.

A Rumo é a maior operadora de ferrovias do Brasil e oferece serviços logísticos de transporte ferroviário, elevação portuária e armazenagem. A companhia opera 12 terminais de transbordo, 6 terminais portuários e administra mais de 12 mil km de ferrovias nos estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. 

A base de ativos é formada por 1 mil locomotivas e 25 mil vagões.