Michelle Matsumoto, presidente da agência de marketing One Digital. Foto: divulgação.

O mercado de telefonia móvel é o novo terreno fértil para o marketing digital, segundo apontam as agências de comunicação.

Para ancorar esta constatação, uma pesquisa realizada pela Ipsos MediaCT, com apoio da Mobile Marketing Association e do IAB, constatou que 14% da população brasileira já possui um smartphone, ou seja, cerca de 27 milhões de pessoas acessam a internet de seu celular no Brasil.

Segundo o estudo, este número está em plena ascensão.

Segundo Michelle Matsumoto, presidente da agência de marketing One Digital, milhões de pessoas acessam a internet de qualquer lugar, instalando aplicativos, acessando suas redes sociais.

"Os usuários estão, cada vez mais, dividindo o tempo que passavam com as outras plataformas, como TV e computador, com o seu smartphone”, afirma Michelle.

Ainda segundo a pesquisa, 80% dos usuários de  mobile já buscou um produto ou serviço no celular, 66% das buscas por negócios próximos resultam em uma visita no local, 31% já  efetivaram uma compra (mais de 8 milhões de consumidores) e 29% já mudaram de ideia dentro de uma loja,  baseado no resultado de uma pesquisa por celular.

Conforme observa Matsumoto, o smartphone na mão do usuário se transforma numa ferramenta funcional, além de entretenimento.

"Os anunciantes devem aproveitar essa alta utilização e se basear na relevância e segmentação. Podemos utilizar toda a tecnologia já trabalhada na web e atingir os usuários mobile entrando nos canais que ele já consome, seja um jogo, um aplicativo, uma rede social ou um site",  comenta Matsumoto.

Mesmo que o mobile marketing ainda tenha dificuldades para atingir todas as classes, a pesquisa aponta que os consumidores são receptivos à mensagens que ofereçam serviços e produtos presentes no seu dia-a-dia.

Segundo o site eMarketer, o segmento de publicidade via telefonia móvel ainda deve receber cerca de US$ 24 milhões ainda neste ano.

GOOGLE NO BICO

Quem também está de olho neste mercado é o gigante das buscas Google. O Google Brasil vai lançar até o final de setembro um serviço que fará a conversão gratuita de sites para uma versão mobile.

A empresa não deu detalhes sobre o como o serviço funcionará, se haverá introdução de anúncios ou algum tipo de versão paga da novidade para público corporativo, a exemplo do que o corre em outras linhas de negócio da multinacional.

Com 27 milhões de usuários de smartphones no país – 31% já fizeram pesquisas de preços em seus aparelhos, por exemplo – é claro o interesse do Google em potencializar o uso de Internet móvel, e por tabela, a visibilidade dos seus links patrocinados.