César Ferreira, diretor de tecnologia e inovação na Randon. Foto: Divulgação.

O Grupo Randon, conglomerado que reúne diversas companhias de atuação no segmento de veículos comerciais e transporte de cargas, definiu uma estratégia da empresa ambidestra para adicionar projetos de inovação em seu escopo sem perder o ritmo da operação tradicional.

Com o modelo, há o modo do negócio estabelecido (que lida com a tecnologia madura e a inovação incremental) e o modo disruptivo, que atua com tecnologias novas e inovação disruptiva.

Para conectar os dois módulos, a empresa redesenhou o Instituto Hercílio Randon (IHR). A iniciativa foi criada em 2015 com uma unidade no Tecnopuc, mas agora foi relançada com o objetivo de ser o elo entre a área tradicional e a inovadora.

A empresa criou uma célula na Oca, ambiente de coworking em Caxias do Sul que reúne diversas startups e promove cursos e eventos, para atuar como responsável pelo contato com startups.

A partir disso, foi fechado um contrato com a Gupy para realizar processos de contratação de equipes indiretas.

“Esse primeiro acordo hoje é responsável por cerca de R$ 800 mil em redução de custos com algumas operações internas”, detalha César Ferreira, diretor de tecnologia e inovação na Randon, que palestrou na Conferência de Inovação 2018 da Anpei.

Desde então, a companhia já firmou outros contratos com mais de 10 startups. De acordo com Ferreira, algumas chegam a gerar economia de R$ 1 milhão.

Além da conexão com as novas empresas, o IHR também atua na busca por melhoria de processos e produtos com conceitos de indústria 4.0, estabelece parcerias com parques tecnológicos, unidades de fomento, empresas e fornecedores, além de trabalhar na mudança de cultura da companhia.

“O envolvimento dos colaboradores com essa transformação pode ser visto em ações como o RandonTalks, que reuniu 600 pessoas num teatro de Caxias do Sul, e a Gramado Summit, onde a empresa contou com 200 participantes, mesmo cada um sendo responsável por seus custos de hospedagem e alimentação, o que demonstra a vontade de inovar”, completa Ferreira.

Com nove empresas nos setores de veículos comerciais e transporte de cargas, o grupo Randon soma mais de 7,5 mil funcionários.

*Júlia Merker viajou a Gramado para a Conferência de Inovação 2018 a convite da Anpei.