A Copel possui aproximadamente 180 mil assinantes de banda larga. Foto: Divulgação.

A Copel Telecomunicações tem um acordo com a Binário para o fornecimento de  tecnologias de transmissão de dados de alta velocidade a toda a região de Londrina, Cascavel e Maringá, tanto para clientes residenciais quanto corporativos.

Firmado em meados de 2018, o contrato é considerado "um dos principais da nova fase da Binário". No entanto, a empresa não revela o valor do acordo.

“Para atender a Copel, criamos uma nova Binário. Instalamos uma base em cada cidade, que pudesse suprir toda a operação da infraestrutura à logística, passando por engenharia, suporte e manutenção, com galpões de armazenagem de fibra óptica, de 400 m2, frota e mão de obra especializada, levando prestação de serviço de ponta a ponta, inclusive a última milha”, explica Douglas Alvarez, diretor comercial do Grupo Binário.

Hoje a Copel possui aproximadamente 180 mil assinantes de banda larga. Para o futuro, o planejamento da empresa é mais que dobrar esse número. 

Para isso, conta com tecnologias de alta taxa de processamento de dados e conexões de usuários como as soluções de BRAS (Broadband Remote Access Server) e CGNAT (Carrier-grade NAT), disponibilizados em roteadores de alto desempenho (Carrier Class) do fabricante Juniper.

“Neste cenário, percebendo que o crescimento da Copel visava sempre fornecer ao seu cliente final conexões ópticas, aumentando substancialmente o share de conectividade óptica no estado do Paraná, a Binário, apostando na ideia da disponibilidade de alta velocidade de conexões IP e, concomitantemente, na capacidade executiva da Copel, decidiu participar de processos licitatórios para a implantação de fibras ópticas de acesso corporativo à crescente planta”, detalha Alvarez.

A empresa foi vencedora para o fornecimento em 75% da planta do interior do estado do Paraná.

Criado em 2005, em São Paulo, o Grupo Binário possui duas divisões de negócios: Binário e QoS, que atuam, respectivamente, nas áreas de integração e serviços profissionais. Com mais de 200 funcionários e oito bases operacionais, atende os mercados de service provider, enterprise, governo e educação.