Data center da Portugal Telecom em Covilhã. Foto: divulgação.

A Portugal Telecom (PT), em um investimento de € 90 milhões, abre nesta segunda-feira, 23, o seu novo datacenter, um passo importante para integrar sua estrutura de dados com a Oi, operadora brasileira controlada pela PT.

O centro de dados, localizado em Covilhã, a 281 quilômetros de Lisboa, é o sexto maior do mundo, com 50 mil servidores em 12 mil metros quadrados, com capacidade de armazenamento de dados de 30 petabytes - carga de dados capaz de armazenar 75 milhões de filmes.

Segundo destacou a PT ao Valor, a infraestrutura procura conferir à cidade portuguesa o status de polo de exportação de capacidade de armazenamento de dados para empresas e serviços tecnológicos.

Para o Brasil, o novo datacenter pode resultar em serviços em nuvem, com a venda de capacidade de processamento para clientes corporativas por SaaS, competindo com outras operadoras que já atuam nesse segmento, como a Vivo.

Além da parte de infraestrutura e tecnologia, área onde a PT é bem-sucedida no mercado europeu, a operadora portuguesa recebeu recentemente um papel importante na operação de recuperar o fôlego da Oi no mercado brasileiro, onde ocupa a lanterna.

A chegada de Zeinal Bava, presidente da PT, para ocupar a cadeira de Francisco Valim, que deixou o cargo de CEO da Oi em fevereiro, foi um movimento nesta direção.

Com a chegada de Bava, o plano da multinacional é trazer melhores práticas em termos de convergência (telefonia fixa, móvel, banda larga e TV por assinatura) para a Oi. Até o momento, cerca de 70 processos administrativos já foram alinhados entre a Oi e sua controladora.