A Biosev é a segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo. Foto: Divulgação.

A Biosev, empresa global processadora de cana de açúcar, contratou a Iteris para um projeto de renovação de sua intranet.

Em meio a uma modernização da plataforma de processos e de canais de comunicação, a Biosev identificou a necessidade de agregar na intranet todos os serviços da empresa, além de criar um espaço para notícias.  

A intranet da Biosev foi renovada para concentrar o acesso aos diversos serviços, como solicitação de reembolso, plataforma SAP, informações dos funcionários, documentos de auditoria, normas internas, documentos jurídicos, serviços de correção de TI e abertura de chamados. Também foi inserida uma área de notícias e conteúdo da empresa.

“Depois de um diagnóstico de uso realizado pela Iteris, a nova intranet foi adequada às nossas necessidades e, hoje, a rede funciona não só como uma página de consulta e serviços da empresa, mas para auxiliar no trabalho das áreas”, destaca a gerente de comunicação e responsabilidade social da Biosev, Mara Pinheiro.

Hoje, cerca de 3 mil funcionários da companhia (aproximadamente 18% do total da equipe) utilizam a intranet nas 11 unidades, localizadas nos estados do Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Norte e Paraíba, além dos dois centros administrativos, na capital paulista e em Sertãozinho, interior de São Paulo.

Após sete meses de operação da intranet renovada, a área de comunicação da Biosev observou uma maior interação dos colaboradores com o canal, além de economia de tempo, uma vez que todas as informações e serviços estão centralizadas e organizadas no canal.

A Biosev é a segunda maior processadora de cana-de-açúcar do mundo, com 11 unidades em operação. Atualmente tem capacidade de processamento de 36,4 milhões de toneladas ao ano de cana-de-açúcar e 1.346 GWh/ano de energia elétrica renovável excedente, gerada a partir da utilização do bagaço de cana-de-açúcar e outras biomassas. 

Em 2015, a Iteris, provedora de serviços de tecnologia da informação, alcançou um faturamento de R$ 23 milhões. A cifra representa um crescimento de 26% em relação ao resultado de 2014.

Com três unidades de negócios, o mais significativo da Iteris é o desenvolvimento de software, responsável por 70% da receita da companhia. A área de BI (sistema desenvolvido pela Iteris com tecnologias Qlik e Microsoft) registra 20% do faturamento, enquanto a de produtos fica com 10%.

Neste ano, a empresa tem o objetivo de alcançar um crescimento de pelo menos 20% em sua receita.