OPÇÃO

Salesforce na nuvem da AWS no Brasil

23/09/2021 11:20

Clientes da gigante de CRM poderão usar a nuvem pública a partir de dezembro.

Fabio Costa, general manager da Salesforce no Brasil. Foto: divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

Os clientes brasileiros da Salesforce poderão rodar o software da gigante de CRM na nuvem pública da AWS a partir de dezembro.

A multinacional anunciou a inclusão do país no chamado Hyperforce, uma nova versão dos produtos da empresa para rodar em nuvens públicas.

A novidade foi anunciada inicialmente em dezembro de 2020 para Alemanha e Índia, com a meta de chegar a mais 10 países até o final deste ano.

O Brasil está, portanto, entre os primeiros mercados no mundo a receber a novidade.

“O Salesforce Hyperforce não apenas capacita nossos clientes a operar no Brasil atendendo às necessidades locais de armazenamento de dados, mas também o faz com a escalabilidade de uma nuvem pública”, afirma Fabio Costa, general manager da Salesforce no Brasil. 

O que pode parecer um assunto relativamente trivial é uma grande mudança na maneira como a Salesforce faz seus negócios, que pode abrir portas em novos mercados.

A Salesforce é justamente reconhecida como a primeira empresa que popularizou a oferta de software na nuvem como serviço (o famoso SaaS). 

Porém, quando a empresa começou, em 1999, ainda não existia o conceito de nuvem pública. Líderes de mercado como a AWS só despontaram na segunda metade da década seguinte.

Assim, a solução para a Salesforce foi construir a sua própria infraestrutura para oferecer software na nuvem. Nos anos seguintes, a própria empresa começou a usar os provedores de nuvem pública, principalmente o Google Cloud, mas também a AWS e a chinesa Alibaba.

O problema desse approach é que ele não oferecia para os clientes a possibilidade de escolher eles mesmos uma nuvem, o que conta muitos pontos para clientes como bancos, que tem muitos requisitos prévios sobre onde vão rodar as suas soluções.

Veja também

BARBADA
Totvs pagou barato pela RD

É o que opina o BTG, que acha que a startup valia na verdade 55% mais.

ALÉM DO CRM
Brandili adota soluções da Salesforce

A indústria têxtil de moda infantil vai investir R$ 10 milhões em tecnologia neste ano.

FARMA
Myralis migra SAP para o Google Cloud

ERP agora está na nuvem, em um projeto feito em três meses pela Santo Digital.

ENTER
Microsoft rouba executivo top da AWS

Charlie Bell chegou a ser cotado para comandar a AWS e agora está na concorrente.

LATAM
Ex-SAP assume vendas SAP no Google Cloud

Alemã e norte-americana anunciaram recentemente uma maior aproximação.

MOVIMENTOS
Quer sair da nuvem pública? Pergunte-me como

Cisco estaria preparando um serviço para quem quer voltar aos data centers.