Redecard agora é só Rede. Foto: flickr.com/photos/brunoliim.

A Redecard, operadora de cartões de crédito e de débito ligada ao banco Itaú, anunciou nesta terça-feira, 22, uma reformulação em sua marca, e agora passa a se chamar somente Rede.

Com a mudança, a empresa quer se reposicionar no mercado e mirar também pequenos clientes para a adoção de suas "maquininhas" de cartão para a realização de pagamentos.

Além do já conhecido Pinpad - a famosa máquina em que os pagamentos são efetuados - a Rede terá um produto voltado a pequenos comerciantes e clientes informais - o Mobile Rede.

É um dispositivo nos moldes de outras iniciativas já estabelecidas nos Estados Unidos, como o Square. É um leitor de cartões que pode ser acoplado ao smartphone ou tablet, que aliado a um app pode fazer os pagamentos.

"É um mecanismo mais barato, pensado para quem não tem como pagar nossa mensalidade", afirmou Milton Maluhy Filho, presidente da Rede, em entrevista coletiva. A informação é da Exame.

Embora a mira esteja também nos pequenos, o desafio da Rede é tornar-se uma companhia rentável sem abrir mão de sua fatia em um mercado onde os grandes varejistas ainda compõem o grosso do faturamento com cartões.

O fato é que todos estão de olho no crescimento do mercado de pagamentos eletrônicos - sejam via cartão ou mobile. Outro exemplo é o do Santander, que anunciou este ano a intenção de compra da GetNet, empresa gaúcha de credenciamento, captura e processamento de pagamentos com cartões.

A intenção do Santander é comprar todas as operações da GetNet como as transações de débito e crédito, aluguel de máquinas, e outras atividades desenvolvidas pela empresa.

Se concretizada, a compra reforça a aposta do Santander por competir no mercado com a Cielo e com a Redecard, empresas que formam um duopólio com participação de mais de 90% nas transações de cartão do Brasil.

Quem também está embarcando nesta onda são as operadoras de telefonia. Um exemplo é o da Vivo, que recentemente lançou o Zuum. Pelo serviço, é possível fazer uma conta corrente pré-paga no celular Vivo, pela qual podem ser feitos depósitos, transferências de valores, recargas de créditos para celulares Vivo, consulta de saldo e, em breve, pagamento de contas.