Baguete
InícioNotícias> Magnetis recebe aporte de R$ 3 mi

Tamanho da fonte:-A+A

FINTECH

Magnetis recebe aporte de R$ 3 mi

Júlia Merker
// sexta, 23/10/2015 09:02

A Magnetis, plataforma de investimentos online, acaba de receber um aporte financeiro liderado pelo fundo Monashees Capital. A empresa captou R$ 3 milhões em recursos.

Luciano Tavares, CEO da Magnetis. Foto: Divulgação.

Com a rodada de investimentos, que também teve a participação da Redpoint e.ventures, 500Startups, NH Investimentos e Guilherme Horn, a empresa pretende expandir as operações e ampliar sua base de clientes.

Inserida dentro do conceito de FinTech, a Magnetis oferece serviços de investimento automatizado para pessoas físicas. 

Contando com uma equipe de especialistas no setor financeiro e alta tecnologia, a Magnetis desenvolveu uma solução focada em analisar o perfil de cada investidor,  recomendar a carteira de investimentos mais adequada e realizar as operações de forma automatizada. 

Os sistemas da empresa analisam mais de 15 mil ativos financeiros antes de encontrar a combinação ideal. Periodicamente, a plataforma reavalia a carteira do cliente e sugere alterações para maximizar retornos. Os clientes podem efetuar e monitorar seus investimentos online.

O objetivo da empresa é atrair R$ 1 bilhão de ativos nos próximos 3 anos. 

"Muitas pessoas não têm tempo ou disposição para investir por conta própria no mercado financeiro. A Magnetis simplifica todo o processo de investimentos, oferecendo um planejamento financeiro imparcial, seguro e acessível", afirma o CEO da empresa, Luciano Tavares.

Guilherme Horn, um dos investidores, acredita que a empresa traz para o Brasil um modelo que deu certo em outros países.

"A diferença é o formato adaptado ao mercado e ao comportamento do consumidor brasileiro. Este mix entre o atendimento humano especializado e os algoritmos que eliminam os viéses mentais a que todos estamos sujeitos vai colocar a Magnetis em pouco tempo entre os grande players do mercado", completa.

Além de fundador da Magnetis, Tavares é membro do conselho da ContaAzul e da Rock Content. Entre 1994 e 2001, ele atuou no Merrill Lynch, banco norte-americano de investimentores e provedores de serviços financeiros.

Júlia Merker