Cisco compra Acano. Foto: divulgação.

A Cisco anunciou na última sexta-feira, 20, a compra da inglesa Acano, empresa especializada em soluções de videoconferência e colaboração, por US$ 700 milhões.

Segundo reporta o Wall Street Journal, a transação serve para reforçar ainda mais o portfólio de videopresença da multinacional, que se tornou umas das principais players no ramo após comprar a norueguesa Tandberg por US$ 3,3 bilhões em 2010 e a WebEx por US$ 3,2 bilhões em 2007.

Sediada em Londres, a Acano é especializada em hardware para companhias ou provedores de cloud, com foco em gerenciamento de videoconferências, com soluções que conectam salas com diferentes marcas de hardware.

“Nossos maiores clientes querem fazer mais com Cisco, mas querem coexistir com suas infraestruturas legadas. Acano é a ponte que fará tudo funcionar", afirmou Rowan Trollope, VP sênior do grupo de tecnologias de colaboração da Cisco.

Segundo dados divulgados este ano pela companhia norte-americana, as soluções de colaboração por vídeo e voz cresceram 17% no primeiro trimestre fiscal de 2016, um crescimento de 17% sobre o ano anterior.

O crescimento deste setor figura bem acima da margem geral de crescimento da Cisco no trimestre, que foi de 3,9% chegando a um faturamento de US$ 9,8 bilhões.