Paulo Padrão.

Paulo Padrão não é mais vice presidente da Infor para Sul da América Latina, dando continuidade a um padrão de alta rotatividade no comando da empresa na região.

A informação é de fontes de mercado e foi confirmada pela Infor por meio da sua assessoria de imprensa. A região Sul da América Latina compreende o Brasil e outros países vizinhos.

Quem assume a posição é Gabriel Lobitsky, ex-gerente de vendas sênior da Oracle, contratado pela Infor em agosto. Essa é a segunda passagem de Lobitsky pela companhia, onde foi executivo sênior entre 2012 e 2014.

Padrão assumiu a posição de VP em março de 2015, vindo dos Estados Unidos, onde havia passado os 15 anos anterior iderando a área de serviços da Avaya.

Antes de entrar na Avaya, representou por quatro anos nos Estados Unidos a iFactory Solutions, integradora brasileira que tem parcerias com SAP, Oracle, IBM e Totvs.

A saída de Padrão segue o que está se estabelecendo como a rotina na Infor nos últimos tempos. 

Roberto Regente Jr,  foi contratado em agosto de 2012, vindo da RSA, a Divisão de Segurança do EMC e permaneceu no comando menos de um ano.

Depois vieram Andre Papaleo e Ivamar Sousa, dois ex-Oracle, dividiram o comando da operação brasileira em 2013, sendo sucedidos no ano seguinte por Fernando Corbi, vindo da SAP.

Em nível mundial, a Infor acaba de anunciar novidades de alto impacto que devem afetar a contratação do novo comando no Brasil.

Nesta mesma semana, o Koch Equity Development, braço de investimentos da gigante industrial americana Koch Industries, investiu US$ 2,5 bilhões ma empresa.

A Infor é forte no segmento industrial, incluindo algumas empresas do grupo Koch. 

Analistas apontaram que o negócio faz parte de um esforço da Koch em se transformar em uma empresa mais digital, à exemplo do que está fazendo a GE.

A Koch Industries é o segundo maior grupo de capital fechado dos Estados Unidos, com faturamento de US$ 115 bilhões e negócios em petróleo, petroquímica, energia, minério e celulose. Se fosse uma empresa aberta, a Koch estaria na 17ª posição no Fortune 500.

O negócio é um reforço e tanto para a Infor. Em entrevista a Forbes, o CEO da Infor, Charles Phillips, destacou que a Koch tem o tamanho da Oracle, SAP, Salesforce e Netsuite juntas. 

A Infor, por outro lado, fechou o ano fiscal 2016 em abril com uma receita de US$ 2,8 bilhões, só maior do que a NetSuite, para ficar no exemplo, faturando mais ou menos um décimo do que a SAP fatura.

A estratégia da Koch é comprar empresas em dificuldades no mercado, mas com chances de recuperação e de lucratividade. Os novos investidores terão quatro dos nove assentos no conceito de administração.

A Infor está em meio a uma transição de modelo de negócio, apostando em entrega de software através da nuvem, em particular da Amazon Web Services. Cloud já representa mais da metade da receita, o que é acima da média do mercado.

De acordo com estudo anual sobre o mercado de TI feita pela Fundação Getúlio Vargas (EAESP-FGV), a presença da Infor está concentrada no topo da pirâmide: entre empresas com mais 700 usuários de ERP, a empresa tem participação de mercado de 20%, igual a da Oracle e Totvs. A SAP tem 51% nessa faixa.

No segmento de empresas médias, de 170 a 700 teclados, a Infor já tem uma participação menos expressiva, na faixa de 4%, a mesma que tem entre as pequenas, com até 170 usuários.

De acordo com dados de um estudo de 2012 publicado pela Forbes, em nível mundial a Infor divide a terceira colocação com a Sage - ambas com 6% do share - atrás das gigantes SAP (25%) e Oracle (13%).