Aeroporto recebe 35 milhões de pessoas ao ano. Foto: flickr.com/photos/gmaximo.

A Concessionária do Aeroporto Internacional de Guarulhos (Cumbica), formada pelo Grupo Invepar e Airports Company South Africa (51%) e Infraero (49%), irá modernizar e ampliar seu Wi-Fi com a Boingo, provedora norte-americana que atende 1 bilhão de usuários ao ano com redes em 75 aeroportos. 

O contrato prevê os serviços de instalação e gerência da rede, que contará com sistemas de antenas distribuídas, além de acesso gratuito e limitado pelos 35 milhões de pessoas que viajam por ano por Guarulhos. 

A partir do acordo, a Boingo poderá vender acessos patrocinados, Premium por horas ou mensalidades para passageiros que utilizem a conexão por mais tempo para streaming de vídeo ou chamadas VoIP.

Entre empresas de telecomunicação e outras provedoras de Wi-Fi que tenham o interesse em oferecer seus serviços nesse aeroporto, a infraestrutura da norte-americana deverá ser utilizada, de acordo com informações do TI Inside. 

A Boingo atuava no Brasil apenas por meio de parcerias com outros provedores como, por exemplo, a Oi. Dessa forma, essa é a primeira rede própria da empresa na América do Sul. A companhia tem parcerias com organizações como AT&T, Verizon, Korea Telecom, LGU+, NTT DoCoMo, Orange France, Telefônica, TeliaSonera e Skype. 

Em 2012, a empresa administradora do aeroporto foi formada para realização de um trabalho de concessão de 20 anos. A Airports Company South Africa opera diversos aeroportos no mundo como o de Johanesburgo (África do Sul) e Mumbai (Índia), e a Infraero opera 63 aeroportos domésticos e internacionais no Brasil.

Já o Grupo Invepar atua no segmento de transporte na América Latica com gestão também de rodovias e sistemas de mobilidade urbana. São, atualmente, 14 empresas envolvidas.