Carlênio Castelo Branco. Foto: Divulgação.

A Senior fechou 2013 com um faturamento de R$ 141,3 milhões, uma alta de 23% frente aos resultados do ano anterior e pouco mais de R$ 6 milhões acima do resultado previsto.

Com o resultado, a empresa catarinense de ERP, folha de pagamento e sistemas de controle de acesso segue rumo à meta de chegar a  R$ 1 bilhão de faturamento em 2022.

Para este ano, o objetivo é crescer 40%, atingindo R$ 190 milhões.

Os investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação alcançaram R$ 26 milhões no período, nos quais a empresa também investiu R$ 2,5 milhões em programas de capacitação, uma alta de 66% frente ao ano anterior.

A meta para 2014 é aumentar o gasto em P&D em 34%, atingindo R$ 35 milhões e manter o investido em educação estável em R$ 2,5 milhões.

“A companhia tem um plano de negócios ousado, que engloba a aquisição de operações complementares, a expansão dos canais de vendas em todo o território nacional e o fortalecimento em mercados especializados, inclusive para pequenas e médias empresas”, explica o presidente da Senior, Carlênio Castelo Branco. 

Com base nesse plano, em 2013 a companhia abriu uma filial no Rio de Janeiro para atender o mercado local e os de Minas Gerais e Espírito Santo e investiu na consolidação da unidade de Recife, inaugurada no fim de 2012. 

Também foi adquirido o controle societário de um dos maiores canais de distribuição do interior de São Paulo, a PMS, localizado em Indaiatuba, região de Campinas. Sozinho, o canal respondia por 20% do faturamento da Senior.

A compra da PMS marcou não apenas a expansão da Senior pelo interior de São Paulo, mas também a criação da primeira célula de desenvolvimento fora da matriz, em Blumenau, onde a Senior já está entre as maiores empregadoras, com quase mil funcionários. 

O investimento em novos negócios e em soluções voltadas para pequenas e médias empresas começou em 2013, com o lançamento do GO UP – ERP, software de gestão empresarial customizado de acordo com as necessidades de cada setor, e da criação da Head Tecnologia Integrada. 

Com aporte de R$ 1,5 milhão, a nova empresa atende o mercado de segurança e automação predial e complementa as soluções de acesso da Senior. Sediada em São Paulo, a nova empresa tem meta de faturar R$ 10 milhões em 2014.

Fundada em 1988 em Blumenau, a Senior possui 6 filiais (São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul e Pernambuco) e cerca de 100 canais de distribuição em todo o Brasil, totalizando 3 mil pessoas envolvidas. São 100 mil clientes.