BB adota solução NFC para seus cartões. Foto: divulgação.

O Banco do Brasil lançou nesta segunda-feira, 23, o serviço Ourocard-e, solução que permite o pagamento de compras nas funções débito e crédito por meio de NFC e cartões virtuais armazenados em app no smartphone de seus clientes de cartão (correntistas ou não correntistas).

O serviço foi desenvolvido pelo banco em parceria com a Cielo, empresa de cartões nascida de uma joint-venture entre Visa, Bradesco, BB e Santander. O plano do banco estatal com a novidade é difundir os pagamentos eletrônicos na rede Cielo.

Segundo números divulgados pela própria Cielo, a companhia de adquirência já possui mais de 70% da sua rede de terminais POS (pontos de venda) preparada para uso da tecnologia NFC.

Para habilitar o Ourocard-e no celular para uso em lojas físicas, o cliente deverá baixar o aplicativo Ourocard-e, disponível por enquanto apenas para Android. O aplicativo irá gerar um cartão viirtual "espelho" do cartão físico, com dados seguros através de chave criptográfica.

Para pagar, o cliente seleciona no seu smartphone o Ourocard virtual que deseja utilizar e a forma de pagamento (débito ou crédito). O pagamento é feito ao aproximar o celular de um terminal contactless, digitar a senha do cartão.

De acordo com Raul Moreira, vice-presidente de Negócios de Varejo da Instituição, esse é mais um passo na estratégia de nos posicionarmos como um banco digital, em linha com o lançamento do pacote de soluções digitais do BB.

"Essa novidade nos permite chegar a um modelo que permite difundir o pagamento de compras por meio do celular entre portadores dos cartões Ourocard, junto aos mais variados estabelecimentos comerciais”, afirma Moreira.

Para os lojistas, a aposta do Banco do Brasil é que o pagamento de compras com o aplicativo Ourocard-e diminua ainda mais o tempo em que as transações são realizadas nas máquinas, assim como deve agilizar operações de pagamento de baixo valor (small ticket).

O produto é uma extensão da estratégia já feita para compras em e-commerce onde os clientes do BB já usam cartões virtuais desde meados do ano passado. Até o momento cerca de 100 mil cartões virtuais já foram gerados.

Inicialmente, a novidade, será disponibilizada aos clientes detentores de cartões Ourocard Visa e em Maio para detentores de cartões Elo da Instituição. O projeto prevê ainda a inclusão futura de cartões da família Ourocard pré-pago.

A iniciativa do BB se assemelha ao serviço apresentado pelo Itaú, em que lançou sua tecnologia própria de pagamento via NFC, uma parceria com a TIM. Apresentada em 2013, a novidade foi testada no ano passado, mas até agora o banco não lançou a tecnologia de forma mais abrangente.

Fora do Brasil, o exemplo mais famoso do uso de NFC e cartões virtuais é o da Apple, que lançou no ano passado o Apple Pay no Estados Unidos. Em bancos como o JPChase&Morgan, o serviço já emplacou mais de um milhão de cartões ativos, segundo dados divulgados em fevereiro.

Em outros países, tais como o Brasil, o lançamento do Apple Pay não tem data definida.