GESTÃO DE MANUTENÇÃO

CPFL: Infor em usinas do Sul e da Paraíba

24/05/2013 13:04

Marcelo Kurokawa. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A CPFL Geração contratou a Infor EAM, solução de gestão de operação e manutenção da Infor, para cinco usinas de seu grupo, quatro delas no Sul e uma na Paraíba.

Uma das operações é a Ceran – Companhia Energética Rio das Antas, responsável pela construção e operação do Complexo Energético Rio das Antas, situado na região Nordeste do Rio Grande do Sul.

O complexo é formado pelas usinas hidrelétricas Monte Claro, Castro Alves e 14 de Julho e tem como investidores a CPFL (65 %), a CEEE (30 %) e a Desenvix (5 %).

Outra usina que usará o Infor é a Hidrelétrica Barra Grande (Baesa), com instalações no rio Pelotas, entre os municípios de Anita Garibaldi, em Santa Catarina, e Pinhal da Serra, Rio Grande do Sul.

Também entram no projeto a usina catarinense Enercan, de Campos Novos, e Foz do Chapecó Energia, instalada no Rio Uruguai, entre os municípios de Águas de Chapecó, em Santa Catarina, e Alpestre, no Rio Grande do Sul.
Completa o grupo a Centrais Elétricas da Paraíba – EPASA, localizada em João Pessoa.

Conforme Marcelo Yukio Kurokawa, gerente de Tecnologia da Geração da CPFL, o objetivo da adoção do sistema da Infor é padronizar as atividades e processos de operação e manutenção das cinco unidades.

O Infor EAM é um software de gestão de ativos empresariais que permite o gerenciamento de fábricas, equipamentos e instalações, com recursos de cronograma de manutenção preventiva para alocação de recursos em áreas de melhor desempenho, uptime, para descoberta de possibilidade de falhas em ativos da empresa, inventário e planejamento estratégico, entre outros.

Conforme a Infor, o software possibilita até 50% de redução de overtime de manutenção, mão-de-obra e custos de contrato, 20% de economia com materiais de manutenção, 20% com gastos de energia e 50% com custos de processos de compras, corte de até 20% em downtime de produção, 50% de aumento em recuperação de custos de garantia.

 “A padronização dos processos também vai intensificar a aproximação entre as usinas e delas com a CPFL. Com isso, buscamos o aumento da eficiência operacional”, afirma Kurokawa.

Ele explica que a solução foi definida após um processo de seleção e avaliação técnica e comercial. O valor investido não é revelado.

Maior grupo privado do setor elétrico brasileiro, a CPFL Energia atua nos segmentos de distribuição, geração, comercialização de energia e serviços.

A CPFL Energia registrou lucro líquido de 443 milhões de reais no quarto trimestre de 2011, 22,6 por cento acima do verificado no mesmo período do ano anterior.

O grupo teve lucro líquido de R$ 1,58 bilhão em 2011 (último exercício divulgado), expansão de 1,4% sobre 2010.

Veja também

Infor: ERP na nuvem da Amazon no Brasil

A Infor, fornecedora norte-americana de ERP, lança sua oferta de solução global em nuvem no Brasil.

O lançamento ocorre em parceria com a Amazon Web Services (AWS), que também acaba de desembarcar no país, com um datacenter em São Paulo, de onde vai atender a toda a América do Sul.

EX-ORACLE E SMART ENERGY
Infor tem novo VP de Vendas na AL

Ivamar Souza foi CEO na Smart Energy e VP de vendas na Oracle.

FALTOU LUZ?
CPFL, agora no celular

Só em abrirl, foram registradas 6,1 mil solicitações na solução, volume similar ao de e-mails recebidos pelas empresas.

CPFL: três novos projetos de smartgrid

Com consultoria da IBM, a holding CPFL Energia está em fase de implantação de novos projetos de telemedição, mobilidade e operação.

As iniciativas fazem parte da estratégia de investimentos adotada como prioridade de negócio desde 2009, quando a CPFL passou a fazer parte da Global Intelligent Utility Network Coalition (GIUNC), coalizão global de redes inteligentes (SmartGrid) liderada pela IBM.

CPFL compra SIIF e lidera em energia eólica

A CPFL acaba de adquirir a SIIF Énergies, empresa de energia eólica, por R$ 1,5 bilhão, sendo R$ 950 milhões em dinheiro e R$ 544 milhões para pagar dívidas.

Com isso, a companhia se torna o segundo maior grupo do setor no país, já que a compra acrescenta quatro parques eólicos à sua estrutura, somando 210 MW a seu parque de geração  e mais 732 MW em projetos diversificados.

CEA
Senior: ERP gere energia no AP

Concessionária responsável pela energia de todo o estado adota ERP da empresa blumenauense.

REFORMULAÇÃO
Moura é novo CIO da Votorantim Energia

Claudio Moura dirigia o setor de TI da Europ Assistance do Brasil e teve passagem na gerência da TI da AES Brasil.

ENERGIA
Smart grid: o Brasil sabe aproveitar?

O Brasil tem hoje ao redor de 70 milhões de consumidores de energia elétrica, com uso per capita de 2.201 kilowatt/hora por ano, demanda que vai aumentar 43% até 2020. Como atender a este crescimento? A resposta está no smart grid.