Ajeita essa comissão, por favor. Foto: HPE.

O MyComp, software desenvolvido internamente pela HPE para calcular a comissão dos seus vendedores, está apresentando problemas e criando complicações na avaliação da performance dos profissionais da empresa.

A revelação é do Business Insider, que teve acesso a uma gravação de uma teleconferência na qual Cheryl Brown, VP e COO do Grupo Enterprise para as Américas, com milhares de funcionários da força de vendas da empresa na América do Norte.

“Os dados sobem mais devagar do que o esperado e links entre os pedidos e as contas dos clientes foram perdidos”, admitiu Brown.

A HPE sabe o quanto está vendendo no total, mas tem problemas ao individualizar a performance dos vendedores para calcular as comissões, o que é sério já que a maior parte do pagamento desses profissionais é variável.

Segundo um porta voz da HPE disse ao Bussiness Insider, os problemas acontecem há dois anos, desde a separação entre a HPE e a HP Inc. A empresa insiste que mesmo assim, os pagamentos feitos são feitos normalmente.

Profissionais de vendas da HPE ouvidos pelo Business Insider desconfiam do contrário, descrevendo negócio sendo atribuídos aos vendedores errados e pagamentos abaixo das metas batidas.

O problema, de acordo com essas fontes, é acompanhar as vendas feitas pelos vendedores da HPE através de distribuidores encarregados da armazenagem e entrega dos produtos e dos parceiros e revendas responsáveis pelas implantações.

Esse, no entanto, é o funcionamento do negócio da grande maioria das gigantes de TI, que não tem problemas como os que a HPE vem enfrentando.