Baguete
InícioNotícias> Nova rede de fibra chega a USP, Unifesp e Unesp

Tamanho da fonte:-A+A

MEGATELECOM

Nova rede de fibra chega a USP, Unifesp e Unesp

Júlia Merker
// quinta, 24/05/2018 14:46

A Megatelecom assinou um acordo com a Redes Comunitárias de Educação e Pesquisa (Redecomep), coordenado pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), para instalar uma nova rede de fibra óptica que atinge três instituições de ensino da capital paulista: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista Júlio Mesquita Filho (Unesp)  e Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Carlos Eduardo Sedeh, CEO da Megatelecom. Foto: Divulgação.

Com o nome de MetroSampa, este é o primeiro acordo dessa natureza fechado no estado de São Paulo, que terá duração de cinco anos e garantirá cerca de 85 quilômetros de fibra óptica na cidade. 

A primeira etapa passou a operar no fim de março deste ano, tendo dez pontos conectados à rede metropolitana, com extensão de 80 quilômetros e velocidade de 10 gigabytes.  

Carlos Eduardo Sedeh, CEO da Megatelecom, afirma que o acordo permitirá a conexão de pontos relevantes da cidade de São Paulo, através do anel de fibra óptica que a empresa disponibilizou e administra. 

"Sabemos da criticidade dessa rede. Por isso, oferecemos um anel metropolitano altamente estável e confiável para garantir integridade e baixa latência ao conteúdo transmitido às instituições participantes", ressalta Sedeh.

Eduardo Grizendi, diretor de Engenharia e Operações da RNP, explica que a nova rede é uma ação de longo prazo e busca parceiros, seguindo o modelo estabelecido com a Megatelecom. 

"Temos a ambição de conseguir que a nova MetroSampa tenha mais de 300 km de extensão e abranja pontos importantes da cidade", afirma Grizendi.

A Megatelecom atua desde 1999 nos mercados de provimento de acesso à internet, links de transporte de longa distância e alta capacidade e telefonia. 

Com rede de 3,5 mil km, a empresa atende a mais de 1,5 mil clientes nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais, Paraná e Rio Grande do Sul.

Júlia Merker