COMANDO

Softplan agora tem CEO

24/05/2021 17:01

Eduardo Smith foi convidado pelos fundadores para a posição recém criada na companhia.

Eduardo Smith, CEO da Softplan. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Softplan, desenvolvedora de software sediada em Florianópolis, anunciou a chegada de Eduardo Smith para ser o primeiro Chief Executive Officer (CEO) da história da empresa.

Smith já colabora há quatro anos como conselheiro independente da companhia e foi convidado pelos fundadores para a posição.

O executivo é fundador a 42K Investimentos, focada em investimentos anjo e mentoria de startups, além de ser board member da BizCapital, fintech especializada em empréstimos para micro e pequenas empresas.

Ele também é membro do conselho da Knewin, focada no monitoramento de mídias e soluções em inteligência e análise de dados. Até 2019, também compôs o conselho da Playmove.

Antes de focar nos investimentos em startups, Smith atuou por mais de 11 anos no Grupo RBS, onde passou por cargos como vice-presidente da empresa em Santa Catarina e VP de jornais, rádio e digital.

Com mais de 20 anos de carreira, o profissional também passou pela McKinsey&Company.

Na Softplan, uma das ambições de Smith está na estratégia de crescimento da companhia. Em 2020, seu faturamento foi de R$ 336 milhões e, neste ano, a expectativa é superar os R$ 400 milhões, além de dobrar de tamanho nos próximos cinco anos.

“Temos muito potencial para crescimento nas nossas áreas de atuação organicamente. O setor de construção civil vive um ótimo momento e as soluções para justiça e gestão pública apoiam o aumento de produtividade tão crítico para todas as esferas dos órgãos públicos”,  afirma o novo CEO.

Além disso, a empresa pretende crescer através de aquisições, ampliando o portfólio de negócios nos próximos três anos com investimento de mais de R$200 milhões. Recentemente, a companhia apostou na Checklist Fácil e no CV-Construtor de Vendas.

Segundo a Softplan, a chegada do executivo tem como objetivo consolidar a sua governança corporativa, que nos últimos meses iniciou um plano de sucessão dos cofundadores. 

Ilson Stabile, Moacir Marafon e Carlos Augusto de Matos, que ocupavam as diretorias executivas das três unidades de negócios da empresa — justiça, gestão pública e indústria da construção — passam a integrar exclusivamente o conselho de administração do negócio.

Para isso, a companhia tem investido na sua camada executiva. Em janeiro deste ano, criou uma diretoria de M&A, que tem à frente Guilherme Tossulino, e, em abril, anunciou a chegada de Waleska Cunha, ex-Linx, como diretora de gente e cultura. 

Fundada em 1990, a Softplan atua no desenvolvimento de softwares de gestão empresarial e gestão pública no Brasil e na Colômbia, com cerca de 2 mil colaboradores e mais de 6 mil clientes.

Veja também

ACORDOS
Benner tem spin off na área jurídica

Nova Extrajuris foca em resolução de disputas online, a famosa ODR.

EMBARQUE
Klien é novo CEO da ClickBus

Profissional fundou a agência Predicta e passou por OLX, Uber e Twitter.

FINTECH
Dança das cadeiras na Ebanx

Fintech de destaque reorganiza cargos de fundadores e traz um CFO de peso.

CURRÍCULOS
Fernanda Amorim, ex-Page, é sócia na Find HR

Consultoria de RH focada em tecnologia está reforçando o time.

SEGURANÇA
Duccini, ex Vivo, é o novo CEO da Leadcomm

O executivo substitui Cesar de Afonseca, fundador que ocupava a posição desde 1998.

COMANDO
Angelo Guerra é o novo CEO da NEC no Brasil

Executivo era vice-presidente da empresa desde 2019, quando veio da Nokia.

NOMES
AWS contrata CEO da Tableau

Adam Selipsky era considerado como um candidato a CEO da Salesforce.

NASCEU
Benner cria spin off para área hospitalar

Ideia é que a nova Otto HX seja mais ágil em um mercado disputado.

TROCA
CTO vira CEO na XP

Troca de comando na maior corretora de valores do país. Tecnologia ganha espaço.

EXECUTIVOS
Guerreiro, ex-SAP, é CEO da Find HR

Consultoria de busca de executivos tem planos de quintuplicar faturamento.