Fabiano Pasin. Foto: Baguete.

A Seven Boys, fabricante de pães industrializados sediada em Porto Alegre que está entre as quatro maiores do Brasil no seu segmento, promoveu uma virada na sua TI com apoio da Brastorage.

Em abril, a empresa transferiu o seu ERP e sistema de folha de pagamento da Datasul para o data center da Alog, em São Paulo, com consultoria da empresa paulista. Também foi movido o software de NF-e da Target IT.

“Os planos de crescimento da empresa passam por ter uma TI invisível, mas o cenário com o provedor anterior estava longe de ser esse”, afirma o Fabiano Pasin, gerente de TI da Seven Boys.

Pasin esteve em Bento Gonçalves nesta sexta-feira, 21, participando do seminário Gestão de TI em um Mundo Convergente, organizado pela Sucesu-RS.

De acordo com as medições do service desk da Seven Boys – os relatórios do fornecedor contavam outra história – as quedas do sistema atigiram o pico com 19 horas no mês de outubro de 2012 e o ponto mais baixo com 3h em novembro do mesmo ano. Depois da migração, as quedas tem ficado na faixa da hora mensal.

Com o ambiente estabilizado, Pasin pode por em prática outros planos, como fazer a migração do Exchange para 400 assinaturas do Office 365, em um novo pacote que cortou custos com as licenças de Office e com os serviços de videoconferência, que migraram para o Links com apoio da NGX.

Outro passo foi a criação de um novo sistema de automação de força de vendas, migrando de cerca de 200 Palms com Windows Mobile para aparelhos mais baratos da linha Defy Motorola rodando um sistema criado pela G4 IT Solutions por meio da plaforma de desenvolvimento de aplicações de mobilidade Umov.me.

“Os grandes clientes compram usando EDI. Mas a força de vendas anda de moto, vendendo de mercadinho em mercadinho. Precisamos de um produto robusto para eles na ponta”, destaca Pasin, afirmando que a praticidade do Umov.me está levando a empresa  a incorporar novas funções ao sistema oferecido à força de vendas, incluindo pesquisas, por exemplo.

Para o futuro, Pasin projeta concentrar dentro da empresa a expertisse de negócios, confiando mais em parceiros externos como a fábrica de software Kbase para desenvolver as funcionalidades externas.

A Seven Boys é a primeira experiência como CIO de Pasin, que veio da Meta IT e participou como gerente de PMO do projeto de implementação SAP da Randon.

As mudanças promovidas pelo profissional se enquandram dentro de uma reorganização da tradicional fabricante de pães, que incluiu a concentração na capital gaúcha das atividades de gestão, antes separadas entre Belo Horizonte e Porto Alegre.

Maurício Renner acompanhou o  seminário Gestão de TI em um Mundo Convergente da Sucesu-RS à convite da entidade.