O jeito é apelar para o dicionário. Foto: .flickr.com/photos/jvk/

Os profissionais de TI são os terceiros com melhor inglês no Brasil, ficando atrás apenas da área de  Defesa e Aeroespacial e de Recursos Humanos, de acordo com um ranking elaborado pela  rede de idiomas Global English.

Antes de comemorar, no entanto, é preciso ter em conta que o nível do mercado como um todo é ruim.

De acordo com o levantamento da  Global English, que é pertencente ao conglomerado educacional Pearson, os profissionais de TI tem em geral apenas um nível básico, em um nivelamento dividido entre iniciante, básico, intermediário e avançado.

Os líderes do ranking chegam apenas nas fases iniciais do intermediário. Realizada com empresas de 78 países, o Business English Index 2013 posicionou o Brasil em 71° da lista, com uma nota média de 3,27 (numa escala de zero a dez).

Isso que a pesquisa ouviu apenas empresas que precisam que seus funcionários melhorem o inglês, explica o site Meio e Mensagem, que publicou a pesquisa.

“O desempenho brasileiro está muito aquém do que se espera de um país dessa importância no cenário global”, ponderou ao site José Ricardo Noronha, diretor da Global English.
 


Uploaded with ImageShack.us