Sistema de bilhetagem eletrônica da Transdata. Foto: divulgação

As cidades de Uberaba, no Triângulo Mineiro, e Lençóis Paulista, no interior de São Paulo, migraram em julho para novo sistema de bilhetagem eletrônica, desenvolvido pela campinense Transdata Smart.

A tecnologia TDmax otimiza o controle do fluxo de passageiros por meio de ferramentas de recarga automática de créditos de cartões nos próprios validadores dos veículos.

A solução também agrega geração de relatórios gerenciais, para controle das transportadoras.

Em Uberaba, onde a mudança no sistema será gradual, com previsão de conclusão em 15 de setembro, o TDmax será implantado em 138 ônibus das empresas Transportes Líder e Viação Piracicaba.

O superintendente de Planejamento e Transporte da cidade mineira, Claudinei Nunes, relata que o modelo anterior de bilhetagem da cidade estava defasado.

“As empresas de transporte atenderam ao pedido da prefeitura para adotar uma tecnologia melhor. Os cartões agora são chipados e não precisam ser inseridos: basta dar um toque no validador que a catraca é liberada. Isso irá acabar com as reclamações de cartões retidos pelo validador”, explica Nunes.

Em Lençóis Paulista, a mudança de fornecedor de bilhetagem eletrônica para a Transdata Smart foi concluída em 11 de julho em todos os ônibus da empresa Eliz Line Transporte e Turismo.

Em abril passado, o sistema da fabricante campinense foi implantado na Transportes Felipe Rodrigues, de Vacaria, a 240 km de Porto Alegre.

A empresa gaúcha instalou a solução em dez ônibus de sua frota, além de contratar serviços de data center da fornecedora paulista.

Ao todo, o TDmax já é adotado em mais de 130 cidades no Brasil.

A Transdata Smart atua também em outras soluções de automação em transporte de passageiros, como biometria digital, que identifica se o portador de cartão de idoso ou estudante é o titular do benefício, e o TDmax Rod, que calcula a tarifa de linhas rodoviárias de acordo com o trecho percorrido pelo passageiro.

Outro item do portfólio é o sistema de monitoramento e gestão de frota, que acompanha à distância e em tempo real a operação de ônibus.

No geral, a companhia já implantou mais de 250 projetos em diversos estados do Brasil, além de Argentina e Colômbia.