Melissa Di Donato assumirá em agosto o cargo de CEO da SUSE. Foto: Divulgação.

Melissa Di Donato, ex-COO da SAP, assumirá em agosto o cargo de CEO da SUSE. Ela sucederá Nils Brauckmann, que liderou a companhia por oito anos e anunciou sua aposentadoria.

Antes de atuar na SAP, Di Donato também ocupou o cargo de executiva sênior na Salesforce, quando conquistou o Prêmio Digital Masters 2018 de Excelência em Gestão Comercial.

A executiva é ainda presidente do Grupo de Tecnologia do 30% Club – uma organização que busca atingir 30% de diretoras do S&P 100 até 2020.

Melissa Di Donato será a primeira mulher à frente da SUSE e comandará os negócios da companhia na sede do Reino Unido. 

“A SUSE está à beira de uma mudança histórica, já que o software open source é agora parte essencial da estratégia central de negócios de qualquer empresa próspera. Estamos bem posicionados para emergir como o líder claro dessa mudança, com a nossa capacidade de impulsionar a transformação digital para os nossos clientes em seu próprio ritmo e com soluções open source ágeis e de nível corporativo, de ponta a ponta para a nuvem”, diz Di Donato. 

Sob a nova liderança, a SUSE seguirá focada no seu desenvolvimento e expansão com o apoio do investidor EQT, empresa de investimento com mais de € 61 bilhões em capital levantando.

Desde março, a SUSE voltou a atuar de forma autônoma, após a conclusão da compra da empresa pelo grupo de investimentos sueco EQT por US$ 2,53 bilhões. Antes, a empresa fazia parte do grupo Micro Focus, depois de passar pelas mãos da Novell (de 2003 a 2011) e da Attachmate (entre 2011 e 2014).

A receita da empresa cresceu aproximadamente 15% no ano fiscal de 2018, chegando próximo da marca de US$ 400 milhões.