Rede conta com 66 lojas e 750 colaboradores. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Monjuá, rede de moda e calçados do interior do Rio Grande do Sul, adotou a solução da Meu Crediário, startup especializada em análise de crédito para o varejo.

Na prática, a loja usuária cadastra o cliente no ERP e, com a integração do Meu Crediário Corporate, o consumidor é analisado e o limite mais adequado para a venda é sugerido por meio do score de crédito apresentado pelo sistema.

Feita a análise, o vendedor lança os produtos que o cliente está comprando, de acordo com o limite de crédito determinado. Com a avaliação em tempo real, o vendedor consegue, por exemplo, sugerir compras adicionais para clientes de baixo risco.

Em seguida, o sistema de análise informa ao vendedor diferentes opções de parcelamento, indicando as opções com menor risco. Quando o cliente escolhe o número de parcelas ideal, a venda é registrada no ERP

O novo sistema também realiza a cobrança e negativação de clientes inadimplentes. Quando o cliente paga a dívida, o CPF é automaticamente excluído dos birôs de crédito, sem participação de pessoas e à prova de falhas, segundo a empresa.

A implantação começou no início de 2020 e a solução chegou às 66 lojas da rede há cerca de 45 dias.

No mês de julho de 2020, a Monjuá conseguiu reduzir em 27% — em comparação ao mesmo período do ano passado — a inadimplência dos clientes no pagamento de parcelas do crediário no curto prazo. Este é o menor nível na inadimplência de 30 dias que a empresa alcançou para o mês de julho nos últimos cinco anos.

“Estamos felizes em atingir esse resultado em um espaço de tempo tão curto. Sem dúvida é um grande motivo de satisfação registrar esse resultado em meio à pandemia e sem perder agilidade nas lojas e tampouco em número de vendas”, destaca Felipe Bender, diretor comercial da Monjuá.

Para a Monjuá, o próximo desafio é manter os indicadores da inadimplência em níveis abaixo da média do mercado, o que deve ser um trabalho contínuo.

“Vale ressaltar ainda que o estado do Rio Grande do Sul retrocedeu no combate à pandemia no último mês. Mesmo com o lockdown e a maior reclusão das pessoas em algumas cidades, a Monjuá conseguiu melhorar seus indicadores muito por conta do nosso modelo de análise de crédito”, afirma Jeison Schneider, CEO do Meu Crediário.

Lançada em 2016, a Meu Crediário é uma startup catarinense criada por Jeison Schneider, que já tinha outra empresa atuando nesta área: a Tidas, que faz garantia e antecipação de crediário.

A Tidas funciona como braço financeiro dos parceiros, atendendo marcas que vendem entre R$ 10 mil e R$ 100 mil mensais no crediário. 

Já a Meu Crediário entrega a operação da tecnologia para que o varejista consiga trabalhar o crediário de forma autônoma, sem necessitar do auxílio financeiro da Tidas.

No portfólio, a Meu Crediário possui mais de 500 marcas de todo o Brasil. Entre elas, estão Óticas Carol, Mercadão dos Óculos, Lojas Calci, Lojas Inês, Aby´s e Modazine.

Originária da antiga Lojas Três Passos, a Monjuá atua desde 2017 com 66 lojas e 750 colaboradores. Sua matriz está localizada em Três Passos, município com cerca de 23 mil habitantes localizado na região Noroeste do Rio Grande do Sul.