Pettersom Paiva, co-fundador e CEO do Voopter. Foto: Divulgação.

O Voopter, comparador de preços de passagens aéreas, participará da edição 2015 do Phocuswright, um dos principais eventos do setor de viagens do mundo. A startup é a primeira empresa brasileira a ser indicada ao prêmio Travel Innovation, a principal atração da conferência. 

O Voopter foi escolhido pelo seu sistema colaborativo de comparação de preços, que permite que os usuários ajudem uns aos outros sempre que fazem uma busca.

“Ser selecionado para o Travel Innovation é um dos pontos mais altos que uma startup de viagens pode chegar, significa entrar para a elite mundial do segmento de turismo”, afirma o co-fundador e CEO do Voopter, Pettersom Paiva.

O Phocuswright acontece de 16 a 19 de novembro, em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. Nos últimos sete anos, 158 startups participaram da final, incluindo nomes como Couchsurfing, mas nenhuma empresa brasileira havia sido indicada até esse ano.

Das empresas participantes, 87 receberam novos investimentos após o evento, que somam um valor total estimado em de US$ 1,3 bilhões.

O Voopter recebeu em fevereiro sua segunda rodada de investimentos. O aporte Série B (que nesse universo demonstra valores maiores que R$ 1 milhão) veio da Global Founders Capital, fundo de investimentos com sede na Alemanha. 

O site permite a busca das melhores ofertas em tempo real e gratuitamente, tanto em companhias aéreas, quanto em agências de viagem online. Ao encontrar o melhor preço, o usuário é encaminhado diretamente para a página do vendedor, sem a cobrança de taxas.

Hoje o Voopter tem parceria com empresas como TAM, Azul, GOL, Avianca, Iberia, KLM, Submarino Viagens, CVC, entre outras 

Antes de fundar a startup, Paiva foi diretor de Desenvolvimento de Negócios na Zanox por um ano. Ele também atuou na área de marketing online da NH Hoteles, na Espanha.