CAPITAL

Ventiur capacita 1 mil startups em SP

24/09/2021 12:31

Aceleradora gaúcha vai atender participantes de um programa do Sebrae.

Sandro Cortezia, CEO da Ventiur.

Tamanho da fonte: -A+A

A aceleradora gaúcha Ventiur vai capacitar 1 mil startups paulistas sobre captação de investimentos nos próximos dois anos.

As startups serão atendidas gratuitamente, como parte do programa Delta Capital do Sebrae de São Paulo.

Ao serem incluídas no programa, as startups serão divididas em dois grupos. O primeiro, formado por negócios em estágio intermediário, receberão capacitação – desde a estruturação de processos internos até a formatação da máquina de vendas, passando por desenvolvimento de marketing e criação de redes de parcerias.

As startups consideradas avançadas estarão no segundo grupo e terão mentoria focada na preparação para se conectar com investidores.

Estão previstos meetups com empreendedores e investidores, workshops, eventos sobre venture capital, corporate venture capital e de empreendedorismo. O programa também vai lançar e-books educacionais, panoramas sobre investimentos e mapeamento de fundos.

“A Ventiur aplicará uma metodologia de mentoria que tem sido desenvolvida e aprimorada ao longo de oito anos e que já levou à análise de mais de 3 mil startups, com diversos exits bem sucedidos”, explica o CEO da Ventiur, Sandro Cortezia.

Uma pesquisa do Sebrae feita em parceria com a Finep apontou que 58% das startups desconhecem formas de captação de recursos, como investidor-anjo, capital semente, venture capital, investimento coletivo (crowdfunding), subvenções e editais. 

No entanto, 55% delas necessitavam de crédito na pandemia para o desenvolvimento de produto, serviço ou processo novo.

“Temos um grande objetivo hoje de fomentar o amadurecimento do ecossistema paulista de startups. O papel do Sebrae-SP é contribuir para que ideias inovadoras se fortaleçam no mercado”, afirma o diretor-superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit.

De acordo com Poit, existe uma escassez de capacitações relacionadas à captação de investimento, e muito do material disponível está em inglês.

Criada em 2013 em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, a Ventiur tem hoje uma atuação nacional, com investimentos feitos em 70 startups, hoje avaliadas em R$ 300 milhões. 

O capital para o investimento vem de uma rede de 200 investidores, entre pessoas físicas e jurídicas. 

Entre os exits realizados com sucesso, estão a Devorando, vendida para o iFood em 2016; a Meerkat, vendida para a Acesso Digital em 2020; e a Suiteshare, vendida para a VTEX em 2021. 

Veja também

NOMES
Troca no comando da Circle

Aceleradora tem novo time de gestão, liderado por Alexandre Netto, da Swipe.

APORTE
Manfing recebe R$ 1 milhão da Meta

Startup do Paraná usa inteligência artificial para aumentar vendas dos clientes.

SAÚDE
Memed recebe aporte de R$ 300 milhões

A DNA Capital criou um fundo dedicado à healthtech especializada em receitas médicas.

FORÇAS
Instituto Hélice e Trino Polo têm acordo

Entidades têm agenda comum de temas prioritários para inovação na Serra Gaúcha.

INDÚSTRIA
Tupy procura startups de todo o país

A metalúrgica está com inscrições abertas para o primeiro ciclo do seu programa de aceleração.

APORTE
Randon investe R$ 2,5 milhões na Abbiamo

Startup é especializada no controle digital de processos logísticos do segmento têxtil.