Magotteaux produz peças e corpos moedores para as indústrias de cimento e mineração. Foto: Divulgação.

Para amparar os dados fiscais da Magotteaux, a Sonda IT está desenvolvendo um projeto piloto de implementação da sua nova solução de arquivamentos de dados fiscais na unidade brasileira desta indústria de fundição de aços especiais.

Em fase final de implementação, o SZarc vai auxiliar a Magotteaux no arquivamento de suas Notas Fiscais Eletrônicas fora do ambiente produtivo. 

A proposta da solução, de acordo com o diretor de R&D da Divisão de Aplicativos da Sonda IT, Renato Matavelli, é fornecer um ambiente no qual os dados sejam armazenados de forma segura e com garantia de recuperação.

“Armazenar informações no ambiente produtivo traz consequências negativas para o negócio fiscal. Por isso, desenvolvemos o SZarc visando à performance e segurança das informações”, explica o diretor.

O SZarc vai auxiliar na redução do consumo de disco, trazendo benefícios como ganho de performance, redução do TCO (Total Cost of Ownership) e redução do tempo de execução de processos administrativos no ambiente produtivo.

De acordo com a Sonda IT, o produto é apresentado de forma modular através de ofertas nas categorias On Premise, no qual a implementação é realizada no ambiente do cliente ou em SaaS (Software as a Service), que prevê a instalação do produto no Data Center da Sonda IT, sendo disponibilizado para o cliente na nuvem.

A Magotteaux está situada em Contagem e tem cerca 300 funcionários. A empresa produz peças e corpos moedores para os circuitos de moagem das indústrias de cimento e mineração. 

Vale, Samarco, Grupo Votorantim e Grupo Lafarge são alguns dos clientes da companhia, que produz anualmente cerca de 37 mil toneladas de aços e ferros fundidos especiais.

O faturamento anual fica em mais de R$ 200 milhões.