Luiz Ricardo (Prodwin), Siegfried Koelln e Tiago Wolfarth (SKA), Danniel Hernandes (Prodwin) e Alexandre Back (Directa). Foto: divulgação

Tamanho da fonte: -A+A

O Grupo SKA, dono de diversas empresas focadas em tecnologia para a área de indústria, acaba de fechar a aquisição da da Directa Automação, especializada na automação dos processos industriais, e da Prodwin Tecnologias, focada em gestão da produção MES e chão de fábrica em tempo real.

As duas empresas tem um perfil similar. A Prodwin é sediada em Barueri, na grande São Paulo, tem 22 funcionários e 20 anos de mercado. Já a Directa é baseada em Flórianópolis, tem 33 anos de atuação e 30 colaboradores.

Sediado em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, o Grupo SKA tem 340 funcionários e é conhecido principalmente pela SKA, empresa de software para design em manufatura que é hoje de longe o maior parceiro da Solidworks no Brasil.

Na última década, a SKA vem diversificando seus negócios, apostando também nas soluções de gestão de ciclo de vida de produto da Dassault Systemes, a nave mãe da Solidworks, além de uma linha focada em impressão 3D com a HP, entre outras iniciativas.

“A indústria nacional precisa de tecnologias avançadas para se tornar mais competitiva e buscar seu espaço no mundo globalizado. Em tempos de pandemia, esta necessidade fica ainda mais evidente pela escassez de recursos e a necessidade de novos processos”, afirma Siegfried Koelln, CEO do Grupo SKA.