Hilton Romanski, diretor de estratégia da Cisco. Foto: Divulgação.

A AppDynamics, que estava preparada para realizar o primeiro grande IPO de tecnologia de 2017, será comprada pela Cisco por US$ 3,7 bilhões em dinheiro e ações. A Cisco é cliente da AppDynamics há mais de dois anos.

O negócio surpresa, na véspera de uma oferta de ações muito esperada, deve aumentar mais a incerteza sobre o apetite de Wall Street em relação a empresas de tecnologia muito valorizadas, prevê o Business Insider.

O CEO da AppDynamics, David Wadhwani,  afirma que continuará a gerir a empresa - que fornece produtos de monitoramento e análise de software - como uma nova unidade de negócios da Cisco. A nova área será parte do guarda-chuva de internet das coisas para dispositivos inteligentes conectados da Cisco. 

A plataforma de inteligência de aplicativos da AppDynamics auxilia as empresas “definidas por software” a monitorar proativamente, gerenciar, analisar e otimizar os ambientes de software, fornecendo informações em tempo real de conhecimentos operacionais e de negócios para o desempenho do aplicativo.

O software da companhia permite que as empresas monitorem aplicativos e solucionem problemas em diferentes serviços em nuvem, de empresas como Google e IBM. Para o Wall Street Jounal, isso se tornará cada vez mais importante à medida que as empresas migram seus aplicativos para data centers de vários provedores.

"Em um mundo multi-cloud, sua capacidade de manter qualidade de serviço e visibilidade pode ficar ofuscada", disse Hilton Romanski, diretor de estratégia da Cisco, em entrevista ao Wall Street Journal.

Além de internet das coisas, Romanski espera espalhar a tecnologia da AppDynamics em uma série de negócios, como networking, segurança e análise de rede.