Claudio Dias, diretor de Inovação, Novos Negócios, Produtos e Marketing da Accesstage. Foto: Divulgação.

A Accesstage, especialista em soluções para intercâmbio de dados financeiros, anuncia Claudio Dias como novo diretor de Inovação, Novos Negócios, Produtos e Marketing. 

Nos últimos três anos, o executivo atuou na GetNet, em que foi superintendente comercial para a área de e-commerce, multicanais e inovação digital.

Antes, Dias foi CEO da GoPay, empresa que fundou em 2011. Ele também passou por companhias como Tivit e Resource IT Solutions.

Para a Accesstage, a chegada do profissional tem como objetivo alavancar novos negócios a partir da inovação de soluções já existentes, e também de investir no mercado startups com soluções que possam complementar o core business da organização.

“Queremos que a Accesstage ajude a traçar o futuro do mercado de soluções financeiras. A organização já possui uma cultura empreendedora e inovadora, por isso a ideia é aproveitar esse potencial para alavancar cada vez mais as principais tendências de tecnologias financeiras, de meios de pagamento e varejo”, conta Dias.  

A contratação do executivo faz parte de uma reestruturação interna que tem o objetivo de tornar a Accesstage mais ágil e focada em seus clientes e em novos negócios. 

Outras ações para alcançar esta meta são a alavancagem do Tiquei, aplicativo voltado para pequenos estabelecimentos que reúne informações sobre as vendas realizadas por cartões; e a renovação do Programa de Canais da companhia, que passa a atuar em um modelo de geração de leads.

Com uma base de mais de 95 mil empresas conectadas, a Accesstage tem entre seus clientes Magazine Luiza, NET, ESPM e Liberty Seguros.

Em 2013, último ano com resultados divulgados, a empresa faturou R$ 55 milhões, um crescimento de 10%.

Não foram divulgados resultados para 2014, 2015 ou 2016. No final de 2015, a companhia abriu filiais em Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Goiânia e Porto Alegre, como parte de um plano para chegar a receita de R$ 100 milhões em quatro anos.