Foxconn tem alta no lucro em 2012. Foto: flickr.com/photos/yandsker

A Foxconn divulgou nesta segunda-feira, 25, que fechou 2012 com lucro líquido de US$ 3,2 bilhões, uma alta de 16% ao valor contabilizado em 2011.

Segundo destaca o Valor, a companhia que monta iPhones e iPads para a Apple teve uma forte demanda em sua linha de fabricação, e este fator impulsionou o resultado favorável.

Mesmo assim, o resultado divulgado ficou abaixo de projeções realizadas por analistas de mercado, como apontou o Wall Street Journal. Para a empresa, eram esperados US$ 3,5 bilhões.

A companhia teve um aumento de 13% em sua receita líquida ficando com cerca de US$ 130,73 bilhões. No entanto, a Foxconn não revela quanto deste valor vem dos produtos montados para a Apple.

De acordo com analistas que acompanham de perto a empresa, a participação da Apple no faturamento da empresa taiwanesa pode chegar a 40%.

No entanto, 2013 não começou tão bem para a Foxconn, pelo menos no que se refere à Apple.

Devido à queda na demanda pelo iPhone 5, a empresa taiwanesa teve uma redução nos seus pedidos de fabricação do iPhone.

TRABALHÃO

Vale lembrar que em setembro de 2012, a Foxconn foi envolvida novamente em queixas contra as condições de trabalho, que geraram um revolta em grande escala, envolvendo cerca de 2 mil trabalhadores.

Não foi a primeira vez que a Foxconn desperta reações violentas quanto às suas condições de trabalho na China.

Em fevereiro de 2012, uma onda de reportagens emergiu pontuando diversas violações de direitos trabalhistas, como exposição dos empregados a produtos tóxicos e trabalho forçado.

Em outros casos documentados em 2009 e 2010, funcionários da empresa chegaram a cometer suicídio.