A companhia aérea mexicana adotou o SoftExpert GRC. Foto: Divulgação.

A Aeromexico, maior empresa de aviação comercial mexicana, e a Dish México, operadora de TV por assinatura, passaram a utilizar produtos da SoftExpert, fornecedora brasileira de softwares e serviços para a gestão de processos de negócio, conformidade regulamentar e governança corporativa.

A companhia aérea mexicana adotou o SoftExpert GRC, solução que oferece suporte aos processos de gestão da governança, riscos e conformidade regulamentar nas organizações. 

Na Aeromexico, o SoftExpert GRC chega para ajudar na execução do GHG Protocol (The Greenhouse Gas Protocol), método utilizado para entender, quantificar, gerenciar e até reduzir emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) em empresas e entidades governamentais. 

De acordo com Kelson Lunardelli, diretor Comercial da SoftExpert, além do uso no GHG Protocol e outros métodos de controle e auditorias internas, a Aeromexico pretende futuramente implementar as soluções SoftExpert para a gestão da ISO 9000 e dos riscos administrativos e operacionais. 

O faturamento da empresa em 2014 foi de cerca de US$ 2,9 bilhões, um aumento de 7,7% em relação ao ano anterior.

Já a Dish México adotou o SoftExpert EAM para a gestão dos ativos empresariais. Entre outras funções, o sistema otimiza a utilização e o desempenho dos ativos nas empresas, contribuindo para a redução de custos operacionais.

Na Dish, que possui um grande número de profissionais atuando em campo devido à natureza do seu negócio, o SoftExpert EAM chega com o propósito de gerenciar os ativos de telefonia utilizados por seus funcionários e empresas afiliadas a fim de garantir o uso racional e mais eficiente dessas ferramentas.

A Dish registrou receita de US$ 14,6 bilhões em 2014.

Fundada em 1995, a SoftExpert conta atualmente com mais de 2 mil clientes e 300 mil usuários ao redor do mundo.

A SoftExpert registrou, em 2013, um crescimento no lucro de 34% em comparação ao ano anterior. Ela também contabilizou um aumento de 15% nos negócios concretizados com clientes nacionais e internacionais, ultrapassando a marca de R$ 50 milhões. 

No início do ano a empresa afirmou que previa para 2014 um crescimento de 25% no faturamento global e 50% no faturamento do mercado internacional.