A Totvs teve sua solução homologada pela Associação Brasileira dos Distribuidores John Deere. Foto: Divulgação.

A Totvs está preparada para vender seu ERP DMS, especializado em gerenciamento de concessionárias, para a rede da marca de implementos John Deere, que totaliza 51 grupos em todo o país.

A marca teve sua solução homologada pela Associação Brasileira dos Distribuidores John Deere por meio de implementações em custo na Agro Amazônia e na Maqnelson, dois grandes grupos econômicos conveniados da entidade, que, juntos, somam 28 lojas, em mais de 15 cidades do país.

Para ser homologada a empresa teve que provar o cumprimento de exigências em 154 processos para as áreas de vendas, peças, serviços, fiscal, tributária, contábil e administrativa.

“O convênio que firmamos visa proteger e garantir aos associados transparência e uma interface integrada, viabilizando a perfeita comunicação com a fábrica”, explica  ngelo Giarsa Neto, coordenador da Comissão de Tecnologia da Assodeere.

A homologação é importante porque as concessionárias estão conectadas com a fabricante diretamente por EDI para uma série de assuntos, como troca de peças na garantia, por exemplo.

Estar homologado pela Assodeere não significa venda automática – e além disso, existem outras soluções homologadas, que a Totvs logicamente não revela – mas foi um passo importante para a Totvs: outros 12 projetos já estão em fase de implementação.

“A nossa cobertura nacional, com 55 franquias, é fundamental para atender bem a rede de concessionárias da John Deere”, explica André Veiga, diretor do segmento de Varejo da Totvs.

No Brasil, a John Deere tem cerca de 4 mil funcionários. O escritório regional da empresa para a América Latina fica em Indaiatuba, a 100 km da capital paulista. 

A companhia conta com duas fábricas no Rio Grande do Sul, em Montenegro e Horizontina. Em Montenegro o foco é a produção de tratores, enquanto em Horizontina são produzidos colheitadeiras de grãos e plantadeiras. A empresa tem quase 3 mil funcionários no estado.

Em 2013, a John Deere, líder mundial em máquinas agrícolas, conquistou uma receita de US$ 36 bilhões globalmente.

A Totvs fechou o ano passado com uma receita líquida de R$ 1,8 bilhão, um aumento de 10% em relação a 2013.