Cooperados da CCPR produzem 90 milhões de litros de leite por dia. Foto: Pexels.

Tamanho da fonte: -A+A

A CCPR, a maior cooperativa captadora de leite do Brasil, adotou um pacote de soluções da SAP, encabeçadas pelo sistema de gestão S/4 Hana, com consultoria da Seidor.

A iniciativa inclui, além do ERP, o SAP Analytics Cloud e o SAP NFe Cloud. A Seidor também assume o gerenciamento das aplicações (serviço conhecido pela sigla em inglês AMS) e o help desk.

O novo sistema começou a rodar em dezembro, em dois data centers próprios da cooperativa e atende à logística, gestão dos processos financeiros, comerciais e de recursos humanos.

“Foi um projeto desafiador por envolver todos os processos críticos da empresa, pressionados por prazos, sem intervir nas operações. Durante o trabalho ainda tivemos que lidar com a pandemia da Covid-19”, afirma Daniel Paiva, coordenador de TI da CCPR.

A CCPR reúne hoje 32 cooperativas agropecuárias nos estados de Minas Gerais e Goiás, com 4,2 mil famílias de cooperados na ponta, produzindo 90 milhões de litros de leite por mês.

Além da captação de leite, a empresa já atua no mercado de nutrição animal há quase 40 anos e produz atualmente cerca de 225 mil toneladas/ano de rações, em uma das maiores fábricas da área no país.

A CCPR também possui uma rede varejista, denominada Armazém CCPR, com 17 unidades espalhadas por todo o estado de Minas Gerais.

A Seidor fechou 2018 com um faturamento de R$ 106 milhões no Brasil, um aumento de 20% em relação a 2017.  

Não foram abertos dados do país para 2019, mas em nível mundial o faturamento foi de US$ 520 milhões, uma alta de 13%. A empresa tem 5 mil funcionários em 37 países.

No Brasil, a companhia tem filiais em São Paulo, São José dos Campos, Ribeirão Preto, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Vila Velha e Porto Alegre.

A Seidor tem projetos em S/4, C/4H, Ariba e Successfactors e tem uma base importante de implementação do ERP para pequenas e médias Business One, totalizando mais de 200 entregas no país.