Foto: reprodução

A ISPM, fornecedora de softwares de gerenciamento de TI, lançou uma solução que pretende ajudar as operadoras a cumprirem as regras da Anatel em relação a qualidade dos serviços de banda larga fixa e móvel.

O Netvision - Technical Management Broadband é uma ferramenta que realiza a medição da qualidade dos serviços e especifica as características de funcionamento das redes.

Com relatórios em tempo real, as fornecedoras de serviço podem se antecipar a análise de qualidade, identificar os pontos corretos onde os investimentos são necessários e evitar quedas de qualidade.

Conforme Bruno Musa, diretor de produtos da empresa, o novo produto não dispõe de similar no mercado brasileiro ou internacional.

“A Anatel determina melhorias progressivas, com prazos anuais e tangíveis. As empresas precisam se organizar e investir nas melhorias necessárias para conseguirem alcançar as metas”, esclarece o executivo.

Atualmente, as operadoras têm obrigação de entregar mensalmente 60% da transmissão máxima contratada. A partir de novembro de 2013, a porcentagem deverá subir para 70 e assim por diante.

Operadoras que não cumprirem os padrões da Agência poderão receber  multas por baixa qualidade dos serviços, a exemplo do que está acontecendo para os serviços de telefonia fixa e móvel, onde algumas operadoras já foram penalizadas com valores que, somados, já ultrapassam R$ 60 milhões.