Fabio Wakim Trentini, CIO da Bionexo. Foto: Divulgação.

A Bionexo, focada no desenvolvimento de soluções web para e-commerce hospitalar, tem apostado na inteligência analítica para aprimorar a qualidade das informações. A companhia utiliza a plataforma da MicroStrategy para elaborar análises focadas na gestão interna e no apoio aos parceiros comerciais.

Fundada em 2000, a Bionexo está estruturada no Brasil e presente em outros quatro países. A empresa atua criando oportunidades de negócios voltados a compras hospitalares em meio digital, incluindo desde materiais, medicamentos, alimentos, papelaria, produtos de limpeza até equipamentos de manutenção e informática. 

Mundialmente, são mais de 18 mil fornecedores, 1,2 mil hospitais atendidos e R$ 4,9 bilhões transacionados em suprimentos anualmente.

De acordo com Fabio Wakim Trentini, CIO da Bionexo, o BI permitiu não só trazer mais eficiência operacional, como também otimizar o tempo de elaboração dos relatórios e melhorar a qualidade das informações fornecidas para os seus gestores e clientes. 

Antes do início do projeto, há pouco mais de um ano e meio, o processo era operacional e realizado manualmente, o que levava semanas e, muitas vezes, demandava algum tipo de retrabalho por parte da equipe. Após a adoção efetiva de inteligência, em poucas horas é possível gerar análises completas com base em terabytes de dados históricos.

“A Bionexo é uma empresa comprometida em fornecer soluções efetivas para seus clientes, ajudando-os a alcançar o melhor resultado financeiro e incrementar a gestão do seu negócio. Por isso, buscamos continuamente novas tecnologias que nos ajudam a atingir esses objetivos. O BI suporta o principal diferencial, que é prover análises baseadas em dados reais, com grande veracidade”, ressalta. 

Com base no cruzamento de dados provenientes de diversas fontes, a Bionexo tem a capacidade de entregar uma série de estudos e dashboards que permitem aos departamentos de compras dos hospitais entenderem não só o seu comportamento, mas também o do mercado.  

Por outro lado, a solução analítica também trouxe benefícios para a gestão da própria Bionexo. O corpo diretivo obtém uma visão mais detalhada do que acontece, especialmente em relação ao cumprimento ou não das metas corporativas. A área de pós-vendas também consegue identificar as necessidades dos seus clientes e, com isso, alcançar um perfil mais consultivo.

A Bionexo utiliza a versão MicroStrategy 10.2  e pretende migrar em breve para a 10.3, que acaba de ser lançada.

A MicroStrategy, fundada em 1989, faturou de US$ 576 milhões em 2013.