PECUÁRIA

Rúmina levanta R$ 25 milhões

25/04/2022 16:14

Rodada série A foi liderada pela Barn Investimentos com participação da Indicator Capital.

A empresa reúne quatro soluções para pecuaristas. Foto: divulgação.

Tamanho da fonte: -A+A

A Rúmina, mineira especializada em soluções digitais para pecuaristas, acaba de receber um aporte de R$ 25 milhões em rodada série A liderada pela Barn Investimentos com participação da Indicator Capital.

Juntas, as duas gestoras investiram R$ 17 milhões. O valor restante está sendo complementado por outros fundos de venture capital nacionais, internacionais e um grupo de investidores-anjo.

Com sede em Belo Horizonte, a Rúmina foi criada em 2020 pela gestora 10b, parte da SK Tarpon. A nova empresa é resultado da consolidação de quatro marcas: OnFarm, Ideagri, Volutech e Rúmicash.

A OnFarm é especializada em biotecnologia voltada à saúde das glândulas mamárias dos animais. 

Já a Ideagri tem um software de gestão para fazendas no modelo Software as a Service (SaaS), que também conta com uma marca para a gestão na pecuária de corte, a Bovitech.

A Volutech, por sua vez, atua com uma ferramenta de internet das coisas (IoT) para monitorar o volume e temperatura do leite em tempo real. 

Por fim, a Rúmicash é uma fintech voltada à concessão de crédito para os produtores de leite.

Juntas, as soluções atendem 7 mil fazendas de leite e corte no Brasil, Uruguai e Argentina.

Além disso, o grupo tem relação com a indústria, com parcerias com marcas como Danone, Vigor, Scala e Verde Campo.

No caso da Danone, por exemplo, as empresas se juntaram para atender 60 fazendas com a identificação da causa da mastite (inflamação da glândula mamária) em 24 horas por meio do Programa Mais Leite Saudável (PMLS), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Com o aporte, a Rúmina pretende consolidar e acelerar o crescimento da plataforma e a penetração da Rúmi, inteligência artificial utilizada em todas as suas soluções.

Nos próximos 10 anos, a companhia pretende chegar a mais de 300 mil fazendas de pecuária no Brasil e na América Latina.

Para Flavio Zaclis, fundador da Barn Investimentos, a investida tem potencial para se tornar a mais importante empresa de tecnologia no mercado da pecuária.

“Estamos convencidos de que o produtor e as cadeias do leite e da carne querem soluções de tecnologias super integradas, que resolvam diferentes problemas em uma mesma plataforma, unificada e integrada, como é o caso da Rúmina”, explica Zaclis.

O mercado em potencial é gigante. De acordo com dados do MAPA, o Brasil é o quarto maior produtor de leite do mundo, movimentando mais de R$ 100 bilhões ao ano com produção acima de 34 bilhões de litros anualmente e mais de 1 milhão de produtores nacionais.

Já em relação ao mercado de pecuária de corte, o país é o segundo maior produtor de carne bovina do mundo, com 16,8% do volume produzido globalmente.

Veja também

AGRO
Aliare traz reforços de peso

Ex-Vivara assume como CFO e ex-Qualicorp, como diretora de gente e cultura.

REGIÃO SUL
Infomach abre escritório em Porto Alegre

A empresa goiana é especializada em serviços gerenciados de cibersegurança, cloud e infraestrutura.

LOGÍSTICA
Luft gere turnos de trabalho com Escala

A solução contribui com a redução de horas extras em feriados e domingos. 

INTERIOR
Horizontina terá aceleradora

Grupo Essent investe R$ 6 milhões na cidade natal de Gisele Bündchen.

EXPANSIÓN
Escotta compra empresa chilena

Parceira SAP entra no mercado do Chile por meio de aquisição.

GESTÃO
Senior traz novo ERP e seis palestras para evento

O ERP Summit 2022 acontece em São Paulo nos dias 12 e 13 de abril.