Foto: flickr.com/photos/chrisjones

Depois de anunciar a fusão com a LAN, a TAM deixou de fazer parte da Star Alliance, aliança de companhias aéreas da qual era integrante desde maio de 2010.

Conforme apurou a Folha de S. Paulo, o presidente do Conselho de Administração da Latam, holding que reúne TAM e LAN, Maurício Amaro, disse que nos próximos meses o grupo decidirá se a TAM integrará a aliança da LAN, a Oneworld, ou se "ficará independente".

LAN e TAM têm dois anos para decidir pela Oneworld ou pela Star. No entanto, por decisão do tribunal de defesa da concorrência chileno, a LAN não poderá integrar a aliança do grupo Avianca-Taca.

A publicação também informa que os programas de milhagem da TAM e da LAN iniciam integração a partir da próxima quarta-feira, 27. Também será possível comprar bilhetes de uma empresa no site da outra.

Mesmo com a fusão, cada companhia manterá a própria marca, com as operações domésticas  independentes.

A rede possibilitará o lançamento de dez novos voos até 2013. A parceria criou uma das 10 maiores empresas do setor no mundo.