Hospital Universitário Mário Palmério, em Uberaba. Foto: Lilian Cunha.

Em funcionamento desde março desse ano, o Hospital Universitário Mário Palmério, da Universidade de Uberaba (Uniube), no Triângulo Mineiro, utiliza o Soul MV para padronizar os processos, integrar as diferentes áreas, oferecer um atendimento de qualidade aos pacientes e melhorar a gestão dos resultados da instituição. 

“Com o Soul MV, conseguimos realizar uma análise integrada dos resultados e temos a possibilidade de monitorar o nosso desempenho através de indicadores”, comenta Luciano Lopes, diretor de Tecnologia da Informação do Hospital.

Além do sistema de gestão, o Hospital Universitário Mário Palmério utiliza o Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP), ferramenta que armazena todas as informações clínicas e assistenciais dos pacientes em único local, garantindo mais agilidade e segurança às atividades médicas. 

Luciano afirma que com o PEP é possível potencializar a produtividade das equipes assistenciais, gerar informações confiáveis para a segurança dos pacientes e apoiar os processos de decisão.

O Hospital Mário Palmério presta serviços de saúde para toda a região e também é um campo de estágio para os alunos da Uniube, oferecendo o suporte necessário para os cursos da área de saúde. 

A Unidade contou com um investimento na ordem de R$ 63 milhões. São 220 leitos, sendo que 60% deles são destinados ao Sistema Único de Saúde (SUS), e os demais, para convênios e particulares. 

Entre os 220 leitos, 20 são de UTI Adulto e 19 de UTI Infantil (neonatal e pediátrica).

Mais de 800 instituições no Brasil, na África e na América Latina - entre hospitais, operadoras de planos de saúde e saúde pública – utilizam soluções da MV.

A edição de 2013 do Anuário Série Estudos Tecnologia Software apresentou a MV na 3ª posição do ranking que reúne as 50 maiores empresas de software nacionais. Em 2012, a empresa ocupava a 5ª posição e teve faturamento de R$ 154 milhões.