Wagner Hiendlmayer, diretor de infraestrutura e Cyber Risk da Digisystem.

A Digisystem, uma integradora de TI atuante em todo Brasil, trocou a nuvem da AWS pela da IBM, em um projeto que envolveu sistemas usados por 900 funcionários da própria empresa e 3 mil usuários em clientes. 

A migração envolveu todos os sistemas das áreas corporativas, incluindo departamento financeiro, contábil, sistemas do departamento pessoal e recursos humanos. 

Os usuários externos utilizam soluções em Cloud fornecidas pela Digisystem como serviço, como é o caso do software de gestão hospitalar e de operadoras de saúde da Philips, o Tasy.

O novo sistema foi implantado em três semanas e deve gerar uma redução de custos anual de cerca de R$ 600 mil.

A economia vem da eliminação da variação cambial do valor mensal, uma vez que o pagamento passou a ser realizado no Brasil, excluindo a necessidade de recolhimento dos impostos de importação de serviços, mesmo com a empresa sendo usuária da localização São Paulo da AWS. 

O novo ambiente é diferente, combinando soluções dentro da plataforma cloud e outras servidores baremetal com virtualização, topologia que não era possível na infraestrutura anterior, explica a Digisystem em nota.

“Além do impacto financeiro, tínhamos questões críticas em relação à flexibilidade das soluções de segurança que poderíamos disponibilizar em nuvem”, explica Wagner Hiendlmayer, diretor de infraestrutura e Cyber Risk da Digisystem. 

Hiendlmayer não chega a elencar esse ponto, mas deve ter influído também o fato da Digisystem ter se tornado uma parceira da IBM recentemente, há três anos.

No ano passado, inclusive, a Digisystem foi reconhecida pela IBM como "parceiro revelação 2018" por um projeto na área de atendimento, já no primeiro ano de parceria entre as empresas.

A Digisystem também trabalha com outras tecnologias da UiPath, Philips, Microsoft, Oracle, WMWare, Symantec, Veritas e CommVault.

São mais de 1 mil profissionais atuando em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Ceará, Maranhão, Amazonas, Piauí, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, atendendo mais de 300 clientes.