Venda de games em baixa.

Uma pesquisa divulgada pela Juniper Research aponta que as vendas mundiais de jogos eletrônicos para PCs e consoles como o Xbox e o PlayStation terão um recuo de faturamento para US$ 46,5 bilhões em 2014. E o pior: essa tendência decrescente deve continuar por mais cinco anos.

Segundo a empresa responsável pelo levantamento, somente em 2019 o mercado de jogo para consoles deve reaquecer, com uma movimentação de US$ 41 bilhões. A informação é do Valor.

Para explicar a queda, a consultoria afirma que mesmo com o crescimento do mercado de games em dispositivos móveis, os jogos para PCs e consoles ainda vão representar 50% do mercado nos próximos cinco anos.

Por outro lado, devido à liderança forte dos games para tablets e smartphones, consoles portáteis como o PlayStation Vita, da Sony, e o Nintendo DS serão menos de 2% do mercado em 2018.

Para os analistas da Juniper, as vendas de jogos para PC serão maiores que as dos consoles no período. Para a companhia, A nova geração de consoles, composta pelo Wii U, da Nintendo, o Xbox One, da Microsoft e o PlayStation 4, da Sony, que chegou ao mercado no fim do ano passado, vai gerar um avanço de curto prazo nas vendas de jogos.

Além disso, de acordo com a Juniper, o crescimento da venda digital de jogos e o streaming de games também deve ganhar espaço, tirando receita das vendas físicas de jogos eletrônicos e mudando o formato de faturamento para a indústria.

Contrariando os números da Juniper, o Gartner divulgou no final de 2013 expectativas mais otimistas para o mercado. Segundo a consultoria, somente no segmento de consoles o faturamento deve saltar mais de 10%, de US$ 49,3 bilhões para US$ 55 bilhões.